Aproveite o melhor do Portal Cris Menegon! Mantenha seu Navegador sempre atualizado. Baixe o Internet Explorer 9
  • bm3 comunica

  • novobm3

Encontre no portal
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 10:26

A Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente já protocolou junto ao Ministério Público projeto de arborização urbana, o qual prevê o recebimento de mudas de árvores nativas advindas de medidas compensatórias que recaem sobre aqueles que degradam o meio ambiente. Medidas estas envol [...]

A Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente já protocolou junto ao Ministério Público projeto de arborização urbana, o qual prevê o recebimento de mudas de árvores nativas advindas de medidas compensatórias que recaem sobre aqueles que degradam o meio ambiente. Medidas estas envolvendo tanto o Ministério Público como a Fundação do Meio Ambiente (Fatma) e a Defesa Civil.

 

Cerca de 400 mudas de ipê, aroeira salsa, araçá, dentre outras espécies nativas, já estão plantadas às margens de ruas, avenidas, praças e logradouros públicos, mas a meta é alcançar o plantio de 20 mil mudas em quatro anos. "O projeto visa transformar Lages numa das cidades mais arborizadas e floridas de Santa Catarina. A população com certeza vai perceber essa mudança", fala o secretário de Serviços Públicos e Meio, Euclides Mecabô (Tchá-Tchá).

 

 

No Horto das Flores, no bairro da Várzea, técnicos do Meio Ambiente cultivam mudas de araucária. Estas mudas serão plantadas em locais apropriados como o Parque Ecológico, em compensação às árvores adultas que necessariamente têm de ser suprimidas. Geralmente são árvores que apresentam perigo de queda, em locais públicos, ou com o crescimento ou desenvolvimento comprometido.

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 10:17

As inscrições já estão abertas, com formulário e programação disponível no site www.lages.sc.gov.br. Mais informações pelo número (49) 3224-3014, ou pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

A prefeitura de Lages, através da Comissão Especial para a Implementação da Lei 13.019/14 em Lages, em parceria com a Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures), promove o 1° Seminário Regional sobre o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil. O evento será realizado no dia 7 de junho, quarta-feira, na Associação Empresarial de Lages (ACIL), das 8h às 17h.

 

O Seminário deverá congregar os 18 municípios da região serrana, além de Organizações da Sociedade Civil – OSC's que ofertam serviços e ações em parceria com o poder público.

 

Na programação estão palestrantes como Alexandre Alves, diretor executivo da Escola de Gestão Pública – EGEM, da Federação Catarinense dos Municípios (FECAM), e Geraldo José Gomes, auditor fiscal de controle externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SC), entre outros convidados.

 

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 10:06

Depois do sucesso da feira multissetorial da Expolages, a Acil inicia nesta semana a comercialização dos estandes para o evento deste ano, que será realizado entre os dias 12 e 15 de outubro.

 

Seguindo o mesmo modelo da feira do ano passado, o foco é garantir espaço den [...]

Depois do sucesso da feira multissetorial da Expolages, a Acil inicia nesta semana a comercialização dos estandes para o evento deste ano, que será realizado entre os dias 12 e 15 de outubro.

 

Seguindo o mesmo modelo da feira do ano passado, o foco é garantir espaço dentro da maior exposição de agronegócio de Santa Catarina para empresas, exporem produtos e serviços oferecidos em Lages e região. A ideia é reunir representantes de diferentes setores da economia serrana como o setor madeireiro, moveleiro, implementos agrícolas, entre outros.

 

De acordo com Alberto Engel, Gerente Executivo da Acil, a prioridade nas vendas será para quem já participou o ano passado e depois para associados. "Uma pesquisa feita com os expositores da Expolages 2016 identificou uma satisfação muito grande dos participantes e um alto índice de negócios realizados e prospectados em virtude da feira", destacou ele.

 

O preço dos estandes variam de R$ 1.300,00 até R$ 3.000,00, dependendo do local e tamanho. Para associados os valores são diferenciados. Informações pelo telefone 49 3251.6611.

 

Sessão de Negócios

 

Durante a Expolages, será realizada mais uma edição da Sessão de Negócios, uma parceria entre o Conselho dos Núcleos da ACIL e o Sebrae. O evento que visa estimular novos negócios através da troca de informações, divulgação de produtos e serviços entre os participantes, acontecerá no dia 14 de outubro.

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 09:31

A sucessão é uma situação que apresenta vários desafios, por isso este processo de transição deve ser planejado e realizado com cautela. Pesquisas apontam que apenas 30% das empresas familiares sobrevivem à segunda geração e apenas 5% à terceira geração.

 

Para e [...]

A sucessão é uma situação que apresenta vários desafios, por isso este processo de transição deve ser planejado e realizado com cautela. Pesquisas apontam que apenas 30% das empresas familiares sobrevivem à segunda geração e apenas 5% à terceira geração.

 

Para esclarecer algumas dúvidas acerca deste tema e das ações necessárias para realizar o processo sucessório, a ACIL realiza, em parceria com a Fundação Dom Cabral, a palestra "Identificando a vocação e construindo a legitimidade de um sucessor" voltada a empresários de Lages e região. A palestra será realizada no dia 05 de junho (segunda feira), às 19h30min, no auditório da ACIL.

 

O palestrante será Dalton Sardenberg, professor da Fundação Dom Cabral – FDC, nas áreas de Governança Corporativa, Gestão de Empresas Familiares, Gestão Estratégica e Administração de Conflitos; Mestre em Engenharia da Produção, com ênfase em Gestão de Negócios, pela Universidade Federal de Santa Catariana – UFSC; e Doutor pela Universidade de Birmingham, Reino Unido, em Governança Corporativa.

 

A palestra é gratuita e as vagas são limitadas. Clique aqui e faça já sua inscrição!

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 09:25

Artesãos de Santa Catarina terão a oportunidade de expor suas obras na 18ª Feira Nacional de Negócios de Artesanato (Fenearte), que ocorre entre os dias 6 e 16 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

 

A Secretaria de Estado da Assistência Social, T [...]

Artesãos de Santa Catarina terão a oportunidade de expor suas obras na 18ª Feira Nacional de Negócios de Artesanato (Fenearte), que ocorre entre os dias 6 e 16 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

 

A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), por intermédio da Coordenação Estadual do Artesanato de Santa Catarina, abriu um processo de seleção para os interessados. Serão disponibilizadas 12 vagas para artesãos (homens e mulheres) que poderão levar suas produções para divulgação e comercialização na feira.

 

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, destacou a importância do evento. "Esta feira é considerada a maior feira de artesanato da América Latina, e terá durante os 11 dias de evento peças e produtos de todo o Brasil e de vários lugares do mundo. Para mim, o melhor lugar para estimular o potencial de crescimento dos nossos artistas".

 

Conforme informações do coordenador Estadual do Artesanato de Santa Catarina, Thiago Chaves, as inscrições serão realizadas até o dia 1º de junho. Ele explica que o edital é divulgado no site da secretaria.

 

As inscrições podem ser feitas de forma presencial na sede da SST, via sedex pelos correios ou por e-mail no endereço virtual Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

 

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 08:13

Fico sem entender porque nossa cidade não foi analisada, já que temos 295 municípios, mas apenas 138 foram analisados. Essa é uma das formas dos cidadãos fiscalizarem a administração municipal e contribuírem com a melhoria do município. Sem boa tran [...]

Fico sem entender porque nossa cidade não foi analisada, já que temos 295 municípios, mas apenas 138 foram analisados. Essa é uma das formas dos cidadãos fiscalizarem a administração municipal e contribuírem com a melhoria do município. Sem boa transparência não há uma boa gestão.


Com cinco anos de vigência, o cumprimento da Lei de Acesso a Informação (12.527, de 2011) avançou entre os municípios de Santa Catarina. É o que mostra o resultado da 3ª edição da Escala Brasil Transparente (EBT) divulgada recentemente pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU). Dos 138 municípios catarinenses analisados, 22 estão com a nota 10 e 68 receberam entre 8 e 10 na avaliação. Destes, 76 utilizam o Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC) disponibilizado pela Federação Catarinense de Municípios (FECAM).


A ferramenta é referência no país e levou o coordenador de desenvolvimento regional da entidade municipalista, Emerson Souto, a ser um dos convidados para falar sobre a experiência no evento comemorativo de 5 anos da LAI do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), no dia 11 de maio. Entre os outros municípios catarinenses avaliados na EBT, 46 apresentaram melhora da Nota em relação a 2ª Edição; 18 não tiveram variação entre uma edição e outra, 21 reduziram a nota e 53 não tinham sido analisados em 2015.


Ao comentar a evolução, Souto destaca que o modelo associativo municipal em Santa Catarina contribui para o efetivo cumprimento da LAI. Atualmente, dos 295 municípios catarinenses, 209 utilizam o sistema de acesso à informação disponibilizado pela FECAM. Outras 106 Câmaras de Vereadores e 26 associações também usam a ferramenta.


É o que atesta a análise da CGU, realizada entre junho e dezembro de 2016, que aponta significativa melhora no conjunto dos entes avaliados em relação a questões de transparência pública, como: regulamentação da LAI; existência de canal (presencial e eletrônico) para solicitações de informação pelos cidadãos; e recebimento das informações solicitadas.


São Joaquim é um dos municípios catarinenses que mais avançou no último ano no cumprimento da LAI. Em 2015, possuía nota 0 e neste ano passou para 9,16, a quinta melhor nota do estado e que ocupa a posição 172 nacionalmente, entre 2.301 municípios avaliados. A melhoria começou em setembro de 2015.



 

Confira no Link a relação:

https://relatorios.cgu.gov.br/Visualizador.aspx?id_relatorio=23#P64215e731be94014b818a04c807ab618_8_27iT0

 

 


Atualizado em Sex, 26 de Maio de 2017 09:30
 
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 08:07

Com o intuito de abordar questões ligadas à Gestão de Tecnologia da Informação (TI), a Vertical de Gestores de TI do Órion Parque Tecnológico promoverá, no dia 1º de junho, um workshop com o tema: Desmistificando as certificações em Gestão de TI.

 

O evento, além [...]

Com o intuito de abordar questões ligadas à Gestão de Tecnologia da Informação (TI), a Vertical de Gestores de TI do Órion Parque Tecnológico promoverá, no dia 1º de junho, um workshop com o tema: Desmistificando as certificações em Gestão de TI.

 

O evento, além de aprimorar e reafirmar a importância da Gestão de T.I. nas pequenas, médias e grandes empresas, proporcionará uma aproximação entre os gestores para trocas de experiências e informações.

 

Os workshops trarão ao Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira um dos fundadores do site ITSM na Prática, Renê Chiari, que construiu sua carreira em grandes corporações do ramo de TI e consultorias especializadas, atuando como consultor e instrutor em dezenas de projetos. Tem dezenas de artigos publicados e é autor do pocket book "ITIL na Prática: Gerenciando Problemas de Infraestrutura e Serviços de TI".

 

Evento aberto ao público (Ingressos à R$10,00):

 

01/06:

19h20: Abertura – Apresentação Órion Parque Tecnológico

19h30: Workshop - Desmistificando as certificações em Gestão de TI com Renê Abrileri Chiari

22h00: Encerramento das Atividades

Inscrições: https://goo.gl/kZ2vVv

 

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 08:02

A Fundação Cultural de Lages (FCL) divulgou nesta quinta-feira (25) as instituições de atendimento social e filantrópico e as associações de artesanato que estarão comercializando os seus produtos de gastronomia e artesanatos em geral, durante o Recanto do Pinhão deste ano, no calçadão [...]

A Fundação Cultural de Lages (FCL) divulgou nesta quinta-feira (25) as instituições de atendimento social e filantrópico e as associações de artesanato que estarão comercializando os seus produtos de gastronomia e artesanatos em geral, durante o Recanto do Pinhão deste ano, no calçadão da Praça João Costa.

 

As entidades de artesanato que estarão presentes são: Associação de Artesanato Lageano e Associação de Artes Tramatusa. Já as instituições de atendimento social e filantrópico são: Associação Serrana dos Deficientes Físicos (ASDF), Lions Clube de Lages Copacabana, Associação dos Deficientes Visuais do Planalto Serrano (ADEVIPS), Cáritas Diocesana de Lages, Casa de Apoio às Pessoas com Câncer Maria Tereza e o Grupo de Apoio Regional para Reabilitação da AIDS (GARRA).

 

De acordo com o superintendente da FCL, Gilberto Ronconi, a empresa vencedora da licitação deverá entregar toda a estrutura do Recanto do Pinhão com palco, som, iluminação e estandes até o dia 1º de junho. "No sábado, dia 3 de junho vamos fazer a abertura oficial deste tradicional espaço de festa e confraternização entre lageanos e turistas que visitam a nossa cidade durante a Festa Nacional do Pinhão", comentou Ronconi.

 

Programação Artística

 

A programação artística e cultural do Recanto do Pinhão está sendo finalizada pela equipe da Fundação Cultural. As bandas, artistas e grupos também realizaram o processo de credenciamento, através de um edital, que encerrou no dia 18 de maio. Nos próximos dias a FCL divulgará a programação completa do Recanto do Pinhão.

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 07:57

O Secovi/SC já está recebendo as doações para a 6ª Campanha do Agasalho da entidade – "Todos unidos para aquecer o inverno de quem precisa!", que acontece de Maio a Junho de 2017.

 

Os representados do sindicato como os condomínios, imobiliárias e shopping centers in [...]

O Secovi/SC já está recebendo as doações para a 6ª Campanha do Agasalho da entidade – "Todos unidos para aquecer o inverno de quem precisa!", que acontece de Maio a Junho de 2017.

 

Os representados do sindicato como os condomínios, imobiliárias e shopping centers interessados em aderir à campanha, podem entrar em contato com o sindicato para receber sua caixa de coleta e agendar a retirada das doações. O sindicato se responsabiliza em recolher as doações e encaminhar os agasalhos para as entidades que assistem às pessoas carentes.

 

Os interessados em colaborar com a campanha podem entregar suas doações nos seguintes pontos de coleta:

 

Cidade Balneário Camboriú:


Sede do Secovi/SC ( Rua 3.160,533 – centro.
Colégio Unificado – Rua 1822,160 – centro.
Wizard Idiomas – Rua 902, 514 – Centro

 

Cidade de Penha:


MP Imóveis – Avenida Nereu Ramos, 889 – Centro – Penha.

 

Cidade de Lages:


NS Cinco Imóveis - R. Dr. Valmor Ribeiro, 86 - Coral, Lages.
Adcon Administradora de Condomínios e Imobiliária - R. Dr. Caetano Costa Jr., 38 – Centro – Lages.


Atualizado em Sex, 26 de Maio de 2017 08:00
 
Início
Anterior
1


Vídeo em Destaque

Programa Papo De Mulher: Escolha das Soberanas da Festa do Pinhão 2017
Publicidade

fabianamassas

aguasdepalmas

 

 

garden

 

 

 unifacvestmarco

  

 

camara2015ok

 

 

 

 

anucio1

TELALAGES

caes1

papo mulher