Reaproveitamento do lixo orgânico você sabe como?

0
228

No Mês do Ambiente, uma ação inovadora da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, busca a sensibilização e a conscientização sobre a necessidade da destinação dos resíduos orgânicos. Na do último sábado (16), a equipe do Centro Ambiental, em conjunto com o Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV/ UDESC) e voluntários da AMBEV, realizaram uma ação no condomínio Serra Catarinense, no bairro Vila Nova.

Tenda

Uma tenda, logo na entrada do condomínio que possui mais de 430 moradores, foi montada para facilitar a abordagem, explanação e orientações sobre a destinação e compostagem do lixo orgânico, cuidados com animais domésticos e coleta de óleo. “A orientação promove a reflexão, e assim que chegamos, vários moradores, entre eles, muitas crianças, já demonstraram interesse e disposição para adotar e transformar algumas práticas”, destaca a diretora do Meio Ambiente, Silvia Oliveira.

Lixo Orgânico

Uma dessas práticas é o método de compostagem do programa Lixo Orgânico Zero, criado em 2003 e que desde 2012 desenvolve um sistema de mini-compostagem ecológica, que permite um sistema completo. O engenheiro agrônomo e professor do CAV, Germano Güttler, doutorando em Ciências do Solo, explica que o método consiste em transformar a matéria orgânica (cascas de frutas, restos de alimentos, etc..,), juntamente com algum tipo de material de difícil decomposição (grama, folha seca, etc..,) diretamente no solo, que produzirá humus e gás carbônico (CO2).

 

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here