Lages: Casos sem urgência sobrecarregam o Pronto Atendimento Tito Bianchini

0
309

Em média, entre 60% e 70% dos casos de pacientes que procuram o Pronto Atendimento Tito Bianchini (PA) são classificados como casos de pouca urgência. Dor de cabeça, náuseas, falta de ar, tontura, tosse e dor de garganta são alguns dos quadros clínicos mais comuns que dão entrada no PA. Muitos casos, considerados sem gravidade, acabam competindo com os que realmente precisariam de atenção naquele momento e aumentando o tempo de espera para atendimento.

1.870 atendimentos em sete dias

Para se ter uma ideia, entre os dias 1º e 7 de julho de 2018, foram realizados 1.870 atendimentos. Todos os pacientes que deram entrada, passaram pelo sistema de classificação que organiza o fluxo, por cores, conforme a gravidade da ocorrência. O tempo de espera para o atendimento médico pode ser imediato / emergência (vermelho), urgente (amarelo – até 60 minutos), pouco urgente (verde –  até 2h) e não urgente (azul – até 4h). No período apurado de uma semana, verificou-se que do total dos pacientes atendidos, 189 foram classificados como pouco urgente.  Outros 25 pacientes foram classificados como muito urgente.

Compartilhar a matéria
TORTEN
BM3
facvest top
PREFEITURA TOPO 05-06

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here