I Lages Matsuri evidencia a cultura japonesa

0
485

O sábado (21 de julho) foi dia de aprender e se encantar coma a cultura Japonesa.

Cerejeiras coloridas, mais de três mil origamis decorando o Parque Jonas Ramos, shows, oficinas e milhares de pessoas deram sua contribuição e homenagens aos 110 anos de imigração japonesa no Brasil, e desta vez um dos locais de celebração no país foi em Lages.

Cultura

Da programação cultural do Lages Matsuri, a atração mais concorrida pelo público foi o grupo de Taiko Sakura Daiko que conta com membros de Curitibanos e Frei Rogério. Foram três apresentações e uma oficina rápida que deu a chance aos lageanos de aprenderem um pouco sobre os tambores japoneses. Danças japonesas, demonstração de espadas (Iai do) também ocuparam a tarde de sábado em palco instalado no Tanque. Cada apresentação era detalhadamente explicada e aplaudida. O judô e o karatê também fizeram parte da programação.

As oficinas de mangá, origami e bonsai, bem procuradas pelo público, foram realizadas na Biblioteca Carlos Dorval de Macedo, que durante a semana foi a sede das equipes da ACBNL e da Fundação Cultural para que a montagem da estrutura do Lages Matsuri fosse organizada.

Barquinhos

No final da tarde, 40 barquinhos com velas acesas foram soltos no lago. Esses barquinhos são chamados de Tooro Nagashi, e representam os entes queridos e os antepassados.

Parcerias

A Fundação Cultural de Lages foi parceira no evento, e junto com as Secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Semasa, Seplan, Diretran e o Centro Ambiental Ida Schmidt organizaram a logística para o Lages Matsuri. As Polícias Militar e Civil e o corpo de Bombeiros também colaboraram.

Acredito que esse evento seja o primeiro de muitos, Parabéns aos envolvidos.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top
PREFEITURA TOPO 05-06

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here