Rede Cegonha Serra Catarinense recebeu o 2º lugar do Prêmio Boas Práticas em Gestão Pública

0
188

O projeto LAB – Mãe Serrana: EPS Transformando Práticas, da Rede Cegonha Serra Catarinense, foi um dos vencedores do Prêmio Boas Práticas em Gestão Pública, promovido pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), por meio do Centro de Ciências da Administração Socioeconômicas (Esag). O trabalho obteve o 2º lugar na categoria Educação em Transparência Pública, entre 50 inscritos no Estado, e a cerimônia de entrega da premiação aconteceu no dia 9 de agosto, em Florianópolis. O Prêmio tem como objetivo identificar, reconhecer e ajudar a disseminar ações que contribuam para melhorar a gestão pública em Santa Catarina.

Através destas ações, além de reduzir os indicadores de mortalidade infantil, a rede, que atua há cerca de cinco anos na região, ampliou as estratégias de acesso, como por exemplo, aumento de testes rápidos, pré-natal odontológico, visitas domiciliares, aumento do número de consultas de enfermagem e de médicos, melhoria no acompanhamento do agente comunitário, e acesso a outros profissionais, como psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, fisioterapeutas e educadores físicos que atuam na avaliação e cuidados com as gestantes, puérperas e bebês.

Reconhecimento

Por todas estas ações, a Rede Cegonha Serra Catarinense também foi reconhecida este ano pelo Ministério da Saúde (MS) e Organização Panamericana de Saúde (Opas) como uma das 30 melhores experiências do país, através do Prêmio Laboratório de Inovação em Educação na Saúde. A Rede Cegonha Serra Catarinense é formada por profissionais que atuam na Atenção Básica das redes municipal e estadual de Saúde, com o propósito de assegurar à mulher o direito à atenção humanizada na gravidez, parto, puerpério e também ao nascimento seguro do bebê.

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here