O quilo do ovo de Páscoa pode chegar até R$ 333  

0
162

No fim do mês de março o Programa de Defesa do Consumidor (Procon) desenvolveu uma pesquisa de preços do doce mais típico da Páscoa em todo o mundo: chocolate, nos formatos de ovos, barra e caixa. A verificação de valores foi realizada nos nove maiores supermercados de Lages, considerando as três maiores e mais conhecidas marcas do segmento: Nestlé, Lacta e Garoto. O Procon constatou que o ovo de chocolate é a forma de produto mais cara que existe. O preço do quilo pode chegar a R$ 333, enquanto o preço da caixa e da barra é bem mais acessível. Para demonstrar, o ovo da Lacta de 157 gramas custa R$ 26,66 no estabelecimento mais barato e R$ 49,99 no de maior valor.

Comparações

Em comparação a outras pesquisas realizadas anteriormente foi averiguada a crescente redução da gramatura da caixa. A caixa de chocolate que antigamente pesava 400 gramas tem diminuído, e hoje está em torno de 300 gramas, porém, o preço está elevado mesmo com o peso menor. Em 2017, a caixa da marca Lacta pesava 302 gramas (peso mais comum) e custava R$ 8,38 (preço médio); em 2018 era de 289,2 a R$ 9,63, e em 2019 pesa 250,6 e custa R$ 9,94, ou seja, 19,10% de variação do preço do quilo comparado ao ano anterior. Em relação ao preço do chocolate em caixa, no geral o quilo fica entre R$ 28,63 e R$ 39,66.

Na barra, a maior variação de preço do quilo comparado ao ano anterior é de 4,46%, sobre a marca Nestlé, em que no ano de 2017 o peso era de 150 gramas a R$ 5,94; em 2018 era de 100 gramas a R$ 4,71, e em 2019 é de 100 gramas e custa R$ 4,92.

PS

Como a pesquisa saiu no fim do mês de março, pode que alguns estabelecimentos já abaixaram os valores.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top
PREFEITURA TOPO 05-06

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here