Saúde em Lages grita “SOCORRO” ao governador do estado de SC

0
264

Saúde em Lages está chegando ao seu caos total,  andares inteiros fechados no Hospital Tereza Ramos e leitos ociosos, enquanto a UPA, recém inaugurada, está trabalhando no seu limite MÁXIMO.

A secretária da saúde Odila Waldrich faz um grande desabafo. “A UPA está com lotação máxima, 25 pacientes aguardando leito, sem condições mais de atendimento, não tem mais cama, temos pacientes idosos em maca. Não é mais possível essa situação, a responsabilidade é do Estado também, não somente do município. Todos os profissionais estão envolvidos, desgastados, cansados, esgotados, a equipe está trabalhando sem folga, faz tempo, todos se desdobrando para atender os pacientes com dignidade, mas está muito difícil. Precisamos da ajuda de todos. Desculpem o desabafo”.

Saúde não é brincadeira

Não é possível que o estado esteja brincando com a saúde serrana, e nenhuma atitude seja tomada, porque estamos cansados de desculpas e mais desculpas, entidades, deputados já se mobilizaram e nada de concreto é feito.

Enquanto no HTR a direção se fecha, proíbe acesso para não ver as alas fechadas e leitos ociosos, a Região Serrana está fazendo uma rede de solidariedade, “ao ponto da Defesa Civil de Lages estar transportar algumas camas que o município de Bocaina do Sul nos emprestou, pois temos idosos em maca e cadeiras”, disse a secretária Odila.

Coletiva 

A imprensa foi avisada  que o secretário de Estado da Saúde estará no HTR para uma coletiva de Imprensa, às 17h30min. Quem sabe dessa vez temos acesso ao hospital, pois a imprensa não tem acesso nem mesmo a diretora quem dirá a ala nova.

O serrano não merece esse descaso na saúde, o “comandante” que foi eleito com a maioria dos votos da região, deveria pelo menos estar sensibilizado com os serranos, que não deixaram de ser catarinenses, afinal um Governador governa pelo bem de sua população.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top
PREFEITURA TOPO 05-06

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here