Cervejeiros serranos buscam aprimorar técnicas no Alto Vale

0
74

Depois da missão técnica à Bento Gonçalves (RS), no início desse mês para busca de informações sobre vinícolas, sistema de produção de vinhos e subprodutos da uva, uma nova missão foi cumprida nesta terça-feira (22), pelo Sistema Amures em parceria com o Sebrae.

Desta vez envolveu empresários do setor cervejeiro. Eles foram à Brusque e Blumenau conhecer diferentes processos de industrialização de cervejas artesanais. A missão também foi viabilizada com recursos de emenda da deputada federal Carmen Zanotto.

O empresário Eli Fernando Zanon Carneiro, dono da marca Princesa da Serra, disse que a missão foi muito produtiva. “Estamos investindo neste segmento e tudo que puder agregar ao nosso produto é importante. A fabricação de cervejas artesanais é um processo dinâmico e se aperfeiçoa rápido”, comentou.

A missão foi comandada pela assessora de turismo da Amures Ana Vieira com respaldo do secretário executivo Walter Manfroi. “Este grupo não foi copiar o que fazem as cervejarias artesanais do Alto Vale do Itajaí, mas conhecer diferentes processos e avaliar a forma como entrarão nesse mercado”, citou Walter Manfroi. O grupo foi recepcionado em quatro fábricas de cervejas artesanais.

Entre os participantes da missão estavam Marcos Paulo Stefanes Ribeiro, Juliana Fornari, Roberto Willemann, Eli Fernando Zanon Carneiro, Guilherme Sartor Mendes e a empresária Juliane Farias. A meta a curto prazo é implantar na região um roteiro turístico integrado, posicionando a Serra Catarinense também como destino cervejeiro artesanal.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top
PREFEITURA TOPO 05-06

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here