Ametista do Sul a cidade com diversas experiências nas Minas de Garimpo

0
402

Ametista do Sul/RS uma cidade com um pouco mais de sete mil habitantes, mas carregada de energia e hospitalidade e que recebe 70 mil turistas por ano e a tendência é duplicar anualmente.

Uma cidade conhecida por suas belezas naturais, ela encanta com suas minas ativadas e desativadas.  Pude ver de perto o perigo e a dedicação que um garimpeiro tem no seu dia-dia, conheci os pontos turísticos, vinícolas, cervejarias, restaurantes e hotéis, fiquei apenas três dias na cidade, mas pude ter diversas experiências e descobri que a cidade possuí 300 minas ativas e tantas outras desativadas e que extraem mais de 400 toneladas de pedras por ano, a cidade possui 1200 garimpeiros trabalhando para retirar não só a pedra ametista mais diversas pedras preciosas.

Ametista em menos de um ano abriu 100 novas empresas e vem mostrando um nicho de mercado que está se consolidando que é a experiência do turista.

Vinícolas

A Guia Daniela Lisiak foi minha guia, e reservou o tempo para conhecer duas vinícolas na região, a Vinícola Ametista e a Vinícola Ágata que é dos cooperados produtores de uva. A vinícola Ametista você pode conhecer a mina que é aberta à visitação, e os vinhos descansam e envelhecem há 17 graus constantes e no final pode ter uma degustação dos vinhos. A Vinícola também possui loja em uma mina no Parque Museu que é um complexo que possui diversas atividades, inclusive uma cervejaria que produz a cerveja 100% dentro da mina, já fiz matéria aqui no blog.

Eu e a Guia Daniela na Vínicola.

Hotéis e pousadas

A cidade possui diversos hotéis e pousadas, fiquei hospeda em dois, no Eco Hotel Portal Ametista, uma pousada aconchegante que possui 12 chalés e mais alguns quartos com toda a infraestrutura para se energizar. Essa pousada tem um clima de aconchego e tranquilidade, próximo ao centro e fora de qualquer barulho, ainda possui um lago repleto de peixes e o que me encantou foi a dedicação do casal para que os turistas possam encontram um lugar cheio de energia.

Os chales lindos da no Eco Hotel Portal Ametista.
Pousada Professora Lurdinha.

A outra pousada que fiquei foi a Pousada da professora Lurdinha, bem no centro da cidade, uma pousada que me senti acolhida, a proprietária é uma encantadora professora que escolheu fazer de sua casa uma pousada para receber os turistas, o café da manhã é delicioso e o aconchego é ainda melhor.

Igreja

Visitei a Igreja São Gabriel no centro de Ametista, ela possui 40 toneladas de pedras ametistas nas paredes, doação dos garimpeiros que ao retirarem as ametistas acabavam quebrando e perdendo o grande valor. A Pia Batistmal da igreja também foi esculpida em um geodo de cerca de 500 quilos. O único lugar que não tem mina subterrânea é na quadra da Igreja, pois está sendo construído uma torre onde os turistas poderão ver a cidade, e o plano diretor não permite.  A igreja cobra a entrada e cobra para tirar foto, tudo para pagar o custeio da torre.

Pirâmide

Por toda a cidade, a presença da pedra é marcante.  No meio da cidade tem uma pirâmide de vidro e com o interior revestido de ametistas. O local costuma atrair visitantes interessados em apreciar a beleza da estrutura ou os que acreditam nos aspectos esotéricos e espirituais da energia transmitida pelos cristais.

Parque Museu

A visita começa com um tour pelo mina abordo de um carro adaptado, depois a visita onde estão expostas mais de 1,5 mil pedras procedentes de várias partes do mundo.

Pedra Ametista mais cara do mundo

Segundo os administradores, o museu abriga a pedra ametista “mais valiosa do mundo” encontrada até hoje, com 2,5 toneladas de peso. Outra “joia” do local é um meteorito raro de aproximadamente 140 quilos, que, conforme pesquisadores, teria explodido dentro de uma estrela ou planeta.

Visitei a Loja da Vinícola Ametista e a cervejaria Mina Beer, tudo no subsolo do complexo do parque.

Pude voar na tirolesa mais rápida que conheço, a “Tirolesa caminho da mina”, ao lado da Lancheria e Caldo de Cana do Alemão, ambos empreendimentos de propriedade de Delmir Potrich e família.

A tirolesa tem a extensão de 125 metros, e pode chegar a velocidade de 50 quilômetros por hora, com vistas para minas e matas deslumbrantes, ofertando muita adrenalina.

Museu do Bambu

Visitei o Museu do Bambu com acervo de peças artesanais brasileiras e vindas de outros países, o Museu do Bambu expõe uma grande variedade de objetos feitos de bambu, como óculos, instrumentos musicais, bicicleta, entre outros. Além do espaço para visitação, o dispões de uma loja de artigos elaborados com bambu, um viveiro com mudas e plantas cultivadas em bambu, a guia experiente fez eu me apaixonar pela planta.

Fiquei impressionada com tudo o que se pode fazer com o Bambu, 100% aproveitável, inclusive fizemos degustação no local.

Minas de Garimpo

Mas confesso que o que mais me encantou de tudo em Ametista do Sul foram as experiências nos garimpos, conheci garimpeiros que arriscam suas vidas para trazer a pedra maravilhosa para cima, pude presenciar explosões preparadas por eles para encontrar as pedras. Em outra mina desativada, percorri um trecho de cerca de 200 metros onde estão expostas pedras belíssimas e geodos incrustados na rocha, além dos equipamentos usados pelos garimpeiros. Um guia explica tudo aos turistas.

Em uma das minas foi a Belvedere Mina, que também possui hotel e um restaurante  e uma piscina subterrânea.

Lojas

A cidade tem várias lojas de pedras para todos os tipos de gostos e bolsos, joias e artesanatos. Visitei a LP Minerais do Brasil, uma loja imensa e uma extensa quantidade de pedras em tipos e formatos. A loja possui uma infinita gama de produtos, tudo muito bem organizado.

LP Minerais do Brasil

Também estive em visita ao Shopping das Pedras, um lugar que reúne diversas lojas, onde você pode adquirir produtos feitos pelos artesãos locais. Eles fazem desfiles e eventos para promover as lojas, o lugar é amplo e convidativo as compras.

Shopping das Pedras

Vale informar que de dois em dois anos, Ametista do Sul também sedia uma feira de pedras, a Expopedras, com exposição de vários tipos de minerais, feira da indústria, comércio, serviços e shows, entre outras atrações.

Agencia de viagens

Agora vamos ao que interessa, a agência que facilitou a minha visita na cidade foi a Cristal City Tur, da minha amiga Daniela Lisiak, ela foi perfeita até no tempo em cada lugar a visitar, isso para que não pudesse perder nenhuma atração da cidade.

Eu e competente guia Daniela Lisiak

Ela iniciou o trabalho de guia e com a agencia em março desde ano e com sua expertise viu que o turismo na cidade está aumentando.

A Cristal City Tour é uma empresa voltada para o turismo de Ametista do Sul, disponibiliza através dos serviços um ônibus com guia turístico, o city tour passa por todos os pontos turísticos da cidade, a fim de proporcionar para os visitantes a melhor experiência para se encantar com as belezas naturais, conhecendo desde a extração da pedra ametista até sua comercialização.

Então se prepare para ter uma das melhores experiências da sua vida, a cidade é repleta de atividades, acima e abaixo da terra, um mundo submerso pelos labirintos de terra e pedras, onde se encontra não só a pedra Ametista como a valorização da profissão dos garimpeiros.

Quero agradecer a todos que me receberam com tanto carinho, vocês são todos especiais, espero em breve voltar a esse paraíso. Vocês estão de parabéns pela hospitalidade, o empreendedorismo e acima de tudo o amor pela terra de vocês.

Onde Comer em Ametista? Entrem no link  https://crismenegon.com.br/2019/11/18/onde-comer-em-ametista-do-sul/

#CacauShow #VinicolaCampestre #Honda #HondaCity #Havaianas #Turismo #LugaresIncrivéis #Viagem #Jornalista #Blogueira #Influencer #CrisMenegon

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top
PREFEITURA TOPO 05-06

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here