Ipê amarelo irá florescer na Praça da Catedral já em 2020

0
783

A Praça João Ribeiro, em frente à Catedral Diocesana, que se encontra em obras de revitalização, ganhará 20 novas árvores, plantadas nas faixas laterais e frontais em substituição a igual número de árvores (legustros) retirados do local. “Além da 20 espécimes de legustro (árvore exótica originária da Ásia) serão retiradas da Praça apenas mais duas árvores, sendo que estas estão secando, pois o ciclo de vida delas acabou e daqui para frente elas apenas irão definhar”, explica o engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Giovanni Tomazelli.

O prefeito Antonio Ceron reforça que a retirada do legustro, espécie exótica, foi necessária porque as raízes destas árvores destroem as calçadas e, além disto, algumas espécimes estavam com os troncos atacados por fungos. O legustro também gera o inconveniente da queda excessiva de sementes sobre as calçadas, enquanto que o pólen desta espécie afeta as pessoas alérgicas.

Segundo Giovanni Tomazelli (especialista em produção vegetal), os legustros serão substituídos por 12 pés de ipê amarelo, oito pés de cereja e mais dois ariticum (também chamado de araticum), totalizando 20 árvores localizadas nas faixas laterais e frontais da Praça. “Os pés de ipê amarelo, que têm quatro metros de altura, irão florescer já em 2020. Os oito pés de cereja nativa medem três metros de altura. As 20 novas árvores são referência do bioma da região serrana e irão dar um colorido especial a nova Praça João Ribeiro”, garante o engenheiro agrônomo.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here