Trinta e quatro empresas recebem cessões de uso de terrenos da Prefeitura para empreender em Lages

0
472

A cessão de uso foi oficializada com as assinaturas de documentos na tarde desta quinta-feira (19 de dezembro), em solenidade na Fundação Cultural de Lages (FCL), liderada pelo prefeito Antonio Ceron; vice Juliano Polese, e pelo secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mario Hoeller de Souza (Marião), com a presença do presidente da Câmara de Vereadores, Vone Scheuermann e do presidente da Associação Empresarial de Lages (Acil), Sadi Montemezzo.

Superado o processo de reversão de áreas cuja finalidade não estava sendo respeitada pelas empresas anteriormente favorecidas, o Município decidiu por retomar os territórios e designá-los para novas micro e pequenas empresas e, ainda, organizar procedimentos referentes à regularização de áreas, a exemplo do Loteamento Novo Sul, bairro Ferrovia, que pertencia ao Município, porém, não estava em nome da prefeitura. Com o trabalho de formalização dos trâmites, 13 empresas serão instaladas naquele local, totalizando cerca de 100 mil metros quadrados. Este loteamento foi adquirido pela SC-Parcerias (SCPar) e repassado ao Município. Fora estas, o restante soma aproximadamente 80 mil metros quadrados de áreas.

No total, 34 empresas foram contempladas com a cessão de uso de áreas de terras pertencentes ao patrimônio público municipal conforme análise e aprovação pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, nos termos da Lei Municipal nº: 3.626/2009, que dispõe sobre procedimentos com base nas suas exigências para oferecer incentivos econômicos e fiscais para empresas em processo de estabelecimento, ampliação da capacidade produtiva ou desenvolvimento de projetos. Estas empresas devem gerar 430 postos de trabalho, passando de 347 para 777, uma prova de empreendedorismo e cooperativismo serranos, chegando a investimentos previstos na ordem de R$ 22.655.000. A Turma da Árvore passará de cinco para 50 colaboradores, e a Impacto Indústria de Máquinas de dois para 25, multiplicando os postos de trabalho por 12.

Os empreendimentos contribuem para a estatística de mais de sete mil Microempreendedores Individuais (MEIs) em Lages, sendo que em 2019 foram gerados em torno de 1.400 novos MEIs. Outro ponto é que 78% das micro e pequenas empresas são responsáveis pela arrecadação de tributos em Lages.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
BM3
facvest top
PREFEITURA TOPO 05-06

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here