Teste inovador para a COVID-19, revela se a pessoa testada desenvolveu imunidade à doença

0
346

Em época de pandemia, tão importante fazer o teste de COVID-19 é saber se o teste também indica que você desenvolveu imunidade a doença. Recebi uma matéria que achei interessante compartilhar com vocês.

É em Porto Alegre, mas quem sabe alguma alma se interessa por esse tipo de exame que tem duas funções em uma só.

O Laboratório Mont’Serrat, de Porto Alegre/RS, a partir desta terça-feira, 09/06, será o primeiro no Brasil a disponibilizar teste inovador para a Covid-19. De acordo com o CEO do Laboratório, Sérgio Oliveira, as unidades de atendimento têm capacidade técnica para fazer até mil exames ao dia. A coleta de sangue é feita de forma rápida, fácil e segura e pode ser até realizada no domicílio dos pacientes. O resultado sai em até 24 horas.

Diferente

Diferente dos testes rápidos disponíveis no mercado, o teste inovador revela se após contato com o Coronavírus a pessoa desenvolveu anticorpos que indicariam imunidade com relação ao vírus. Inovação pode mudar o paradigma de enfrentamento à pandemia e dar à sociedade uma nova perspectiva para lidar com a crise, uma vez que pode identificar indivíduos que apresentam imunidade e, portanto, poderiam retomar suas atividades.

Grupo de cientistas Brasileiros 

O teste foi desenvolvido por um grupo de cientistas brasileiros, coordenados pelo médico e doutor em Biotecnologia Fernando Kreutz. É totalmente inovador e capaz de identificar e quantificar a presença de anticorpos tipo IgG, contra a proteína S, que é responsável pela entrada do Coronavírus nas células. Ele permite saber quem já esteve em contato com o vírus, e se desenvolveu imunidade ao mesmo. “Sabe-se que de 80 a 85% das pessoas infectadas com a COVID-19 são assintomáticas ou manifestam apenas sintomas leves da doença. A resposta imunológica é bastante variável e complexa, podendo levar mais de quatro semanas para ocorrer. Para garantir imunidade à COVID-19, é preciso que as pessoas tenham contato com o vírus, desencadeando esta resposta, e desta forma o paciente produziria anticorpos que poderiam bloquear a infecção viral. Uma das formas de caracterizar esta resposta seria identificar estes anticorpos contra a proteína Spike (S)”, explica Kreutz.

 O agendamento pode ser feito pelo fone (51) 3222.3000 ou pelo whatsApp (51) 992473001. 

Informações: Camejo Comunicação

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here