PIMENTA: Cada vereador custa para o lageano R$ 7,03 por mês

0
232

A conta é fácil de fazer, a Câmara de Lages consome R$ 13.500.000,00 por ano (site transparência), isso dividido por 160 mil habitantes, cada lageano paga R$ 7,03 por mês. Isso sem falar dos salários que é um pouco mais de R$ 9 mil reais para cada vereador.

Sou a favor sim do vereador ter salário, mas poderia ser a metade do que ganha, isso mostrando a realidade do País. Também sou a favor do vereador não ter outro emprego, para se dedicar a comunidade.  Já fui assessora parlamentar e sei das dificuldades de um vereador, ele fica engessado na burocracia, mas ele não representa apenas um bairro e sim a cidade, então as brigas internas de um vereador cascalhar a rua do outro, porque ele representa aquele bairro chega a ser patético.

O que alguns vereadores esquecem ou por falta de informação, é o papel dele na sociedade.

Na verdade, a culpa é nossa, pois muitas vezes não pensamos na hora de votar. Devemos prestar melhor atenção, ao invés de vender o voto por uma cesta básica ou algo do tipo, procurar no mínimo pessoas mais qualificadas. Ficamos amargando pelos próximos quatro anos. Mas, temos bons vereadores, vejo o empenho de alguns em querer ajudar e desempenham muito bem seu papel.

Redução de salário rejeitada

A Câmara de Lages aprovou na terça-feira (16) o projeto de lei que prevê que o salário mensal dos vereadores não terá aumento na próxima legislatura, permanecendo o valor de R$ 9.2 e R$ 13.8 para o presidente, a partir de 1º de janeiro de 2021. Já a redução proposta foi rejeitada

Os Futuros vereadores

A proposta permite aos próximos vereadores renunciarem ao direito de receber os vencimentos, vejam bem, pois é só para os futuros vereadores e não para os atuais.

O vereador poderá renunciar ao recebimento do subsídio a cada mês, total ou parcialmente, desde que o faça mediante requerimento escrito e devidamente assinado, dirigido ao Departamento de Pessoal da Câmara.

Recordando

Isso me lembra de uma ocasião em que o Marcius Machado, atual deputado estadual, era vereador em Lages, onde fez o projeto que diminuía de 21 para 16 vereadores e o projeto acabou passando pela Câmara devido à pressão dos lageanos, mas Marcius não iria mais ser candidato a vereador e seus voos seriam mais altos.

Que venham os próximos, porque esses se recusam a meter a mão no bolso, então que venham os próximos, porque esses empurram com a barriga. #VereadoresEspertos

Link para transparência:

https://e-gov.betha.com.br/transparencia/01037-051/con_execucaodespesa.faces

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here