Com muito charme e sabor a Serra Catarinense se prepara para a Rota da Charcutaria

0
531

Um projeto que já nasce dando certo na Serra Catarinense, a Rota da Charcutaria, uma rota com toda a beleza da Serra Catarinense, aliando ao charme das pousadas e para abrilhantar, a alta gastronomia.

O projeto terá várias ações e acredito que será um dos melhores projetos de turismo da região, aliado a tantos outros que nossa serra merece.

O que é charcutaria

Charcutaria é uma verdadeira arte milenar, sendo na verdade um processo de preservação artesanal de diversos alimentos como a carne.

Hoje a charcutaria aprimorou-se com diferentes charcuteiros criando suas próprias receitas e sua assinatura. Uma curiosidade que vale destacar: a maior parte das pessoas acham que a charcutaria se resume a defumação e cura de carne suína, mas ela vai muito além, podendo ser aplicada a outras carnes, aves, peixes, queijos e até legumes e frutas.

O projeto

A união de três expertises resultou no surgimento desse projeto. Christina Baumgarten, escritora que virou dona de uma pousada, Ulisses Parra, cheff charcutier com mais de 20 anos de experiência em charcutaria e carimbado nas origens espanholas e italianas da família e o Renato Bischoff, charcuteiro há seis anos e expert em operações comerciais gastronômicas, com experiência no mundo todo.

Agregando o valor das experiências únicas, eles criaram um conjunto de ações que resultará na plena implantação de uma rota.

O projeto engloba cursos de charcutaria, produção de uma ampla linha de produtos e eventos de degustação em diversas cidades da serra, sendo Bocaina do Sul a escolhida para ser o polo do projeto.

A Eco Hospedagem Yahoo, pousada localizada na zona rural de Bocaina do Sul foi escolhida para ser a “casa” do projeto, com as primeiras ações em prol de sua implantação acontecendo na sua sede, mas a ideia é expandir para os 18 municípios da região serrana.

 

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
BM3
facvest top
PREFEITURA TOPO 05-06

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here