Turismo e Preconceito: Fernando de Noronha reabre apenas para quem já teve a Covid-19

0
234

Fico pensando na turma da lacração, mas que dessa vez com fundamento, pois me parece mais preconceito do que precaução. Você só pode desfrutar do ir e vir em Fernando de Noronha se já teve COVID-19, meio surreal. Tomara que não vire moda.

Entenda

Fernando de Noronha volta a receber turistas a partir  de hoje(01/09) mas com um esquesito requisito fundamental: só serão aceitas as pessoas que já tiverem sido contaminadas e curadas da Covid-19. O anúncio foi feito na quinta-feira (27). A ilha está fechada ao turismo desde o dia 21 de março.

Segundo o administrador da ilha, Guilherme Rocha, a comprovação da recuperação clínica deverá ser feita através de um exame RT-PCR, realizado pelo menos 20 dias antes da viagem, ou através de um teste sorológico IgG, que acusa quando uma pessoa já possui anticorpos para o vírus e os testes rápidos não serão aceitos.

Reabrindo

Na semana passada, o governo de Pernambuco também autorizou a retomada do comércio de praia e a reabertura dos museus e espaços de exposições, a partir de ontem (31/08), seguindo novos protocolos de higiene e saúde.

Escolheram o modo mais esdruxulo e preconceituoso

Não há previsão de quando os turistas que não foram contaminados poderão visitar o arquipélago. Dias atrás, a comunidade da ilha estudava uma proposta que consistia na apresentação de um teste RT-PCR negativo antes de embarcar e um segundo teste na chegada à ilha, sendo obrigatório aguardar o resultado dentro da pousada. O esquema envolveria também a contratação de um seguro para cobrir a remoção aérea caso a pessoa fosse diagnosticada com a doença. A proposta, que vem sendo considerada mirabolante pela dificuldade de ser posta em prática e o custo de um seguro, não tem data para sair do papel, daí escolheram o modo mais esdruxulo  e preconceituoso com quem não teve o COVID-19, Parabéns aos envolvidos.

 

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here