Coligação Lages em Boas Mãos: Assistência social durante a pandemia e plano de governo

0
211

A Secretária de Assistência Social e Habitação, prestou serviços considerados essenciais para a vida das pessoas durante a pandemia, essa foi uma das grandes preocupações do Ceron e do juliano, não deixar ninguém sem alimento e sem assistência.

De 20 de março até de 27 de outubro, durante a pandemia, foram distribuídas cerca de 11.876 cestas básicas, a padaria municipal entregou cerca de 400 mil pães e o hortifrúti com produção própria da prefeitura distribui cerca de 237 mil quilos de hortifrúti para as famílias carentes que tem no seu cadastro mais de 48 mil famílias, foram distribuídos 50 mil kits emergenciais de alimentação escolar.

O serviço de Acolhimento Emergencial Temporário da Prefeitura de Lages, em atendimento as pessoas em situação de rua desde o início da pandemia, consegui acolher 6.172 pernoites e serviu mais 97 mil refeições, através de suas Unidades de rede de Assistência que conta com 8 Crass e 3 Creas, além da Cozinha Comunitária, Centro Pop, Abrigo Temporário pessoal desabrigados de rua, Acolhimento Pop, Banco de Alimento.

A secretaria Instalou além dos abrigos, dois espaços especiais durante a pandemia, um para adultos com sintomas do COVID-19 e outro espaço para as crianças.

Plano de governo

Os candidatos da Coligação Lages em Boas Mãos, querem continuar avançando também na assistência Social, fortalecendo e ampliando os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, a Vigilância Sócio assistencial, bem como, o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos – PAEFI.

Manter parcerias com as diversas entidades da sociedade civil organizada, empresas, governos Estadual e Federal e o Sistema S. Fortalecer o Fórum Municipal dos Trabalhadores do SUAS. Aprovar a Lei Orgânica Municipal de Assistência Social e a Lei Municipal dos Benefícios Eventuais.

Ceron quer continuar ajudando a mulher e irá ampliar os trabalhos e ações da Secretaria da Mulher como o aluguel social, construir novos centros da atenção aos Idosos, aos moldes do Centro Dia do Idoso e continuar o Programa de Regularização Fundiária. “Precisamos continuar avançando na assistência social, o poder público tem a obrigação de ajudar as pessoas, sei que podemos fazer ainda mais pela nossa comunidade” finaliza Ceron.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here