Um homem negro foi assassinado? Não, um HOMEM foi assassinado

0
383

O que aconteceu no Carrefour foi uma tragédia e os responsáveis tem que ser punidos, independentemente da cor da vítima ele era um ser humano.

Parem de dividir as pessoas, o crime foi bárbaro e estão se aproveitando da morte do rapaz para fazer discurso ideológico e palanque político?

A grande imprensa no seu papel de desconstruir uma sociedade e alguns políticos querendo carona na tragédia é de um mau “caratismo” sem igual.

O crime não foi racista, isso quem disse foi a delegada do caso, mas os juízes, advogados e médicos formados pelas redes sociais, aliados a grande imprensa, já se sentenciaram e resolveram o caso como racismo.

Vamos deixar para que órgãos competentes resolvam o caso, é lógico que existe racismo, ninguém é hipócrita para dizer que não, mas fazer disso uma bandeira para tudo que acontece é no mínimo insano e inconsequente, queria ver se fosse um HOMEM branco que fosse espancado até a morte, se iria ganhar os holofotes da imprensa e atenção dos graduados do facebook.

A Mídia é mestre em fomentar ideologias e separar as pessoas por classe, cor e gênero, o triste é ver as pessoas caírem como rebanho.

Alguns dizem que essa frase não foi dita pelo ator Morgan Freeman, outros dizem que ele voltou atrás no que falou, mas a verdade é que em poucas palavras ele conseguiu descrever o correto e desconstrói uma ideologia baixa e infame.

“O dia em que pararmos de nos preocupar com Consciência Negra, amarela ou Branca e nos preocuparmos com Consciência Humana, o racismo desaparece” Morgan Freeman

#TodasAsVidasImportam

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here