COVID-19: Serra Catarinense emite alerta após altíssima taxa de ocupação dos leitos hospitalares

0
412

A Prefeitura de Lages, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, promoveu uma reunião de emergência, realizada no formato on-line às 22h30min desta sexta-feira (4 de dezembro), com representantes da Supervisão Regional de Saúde, Centro de Triagem da Covid-19, UPA 24 Horas, hospitais Tereza Ramos, Nossa Senhora dos Prazeres e Seara do Bem, Central de Regulação de Leitos e coordenação da Rede de Urgência e Emergência da Serra Catarinense.

O encontro virtual foi motivado tendo em vista que as taxas de ocupação de leitos de enfermaria e UTI Covid, disponíveis na rede hospitalar de Lages, chegaram a 100% de lotação, o que confirma o agravamento da pandemia da Covid-19 no cenário local, sobretudo nas últimas horas.

Dezembro

Nos três primeiros dias do mês dezembro, o Centro de Triagem da Covid-19 registrou 1.356 atendimentos, número que já supera o total de procedimentos registrados durante todo o mês de junho, por exemplo, quando 1.289 pessoas passaram pelo local.

No início desta semana quatro novos leitos de UTI Covid foram abertos no Hospital Geral e Maternidade Tereza Ramos, mas diante do agravamento do quadro de alguns pacientes, foram ocupados rapidamente.

Nova Reunião

Neste sábado (5 de dezembro) uma nova reunião será realizada para deliberar sobre o assunto e apontar novos encaminhamentos no enfrentamento à pandemia.

A situação que a Serra Catarinense vivencia nesse momento não é restrita ao cenário local. Conforme dados apresentados pelo Governo do Estado de Santa Catarina, às 22h de sexta-feira (4), dos 682 leitos de UTI Covid disponíveis na rede hospitalar catarinense, 636 estavam ocupados, o que representa um índice de 93,26% de lotação. Outro dado que chama atenção é que 27 hospitais estavam com 100% de ocupação dos leitos de UTI Covid.

Compartilhar a matéria
FACVEST
MOMENTO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here