Pimentas: Vereadora quer divulgação de lista dos vacinados contra COVID-19

1
339

De autoria da vereadora Suzana Duarte (Cidadania), o Projeto de Lei 001/2021 dispõe sobre a obrigatoriedade de divulgação, com atualização diária, da lista de pessoas que estão sendo vacinadas contra a Covid-19, sob a responsabilidade da rede pública de saúde do Município de Lages.

Acredito que, expor as pessoas dessa maneira, pode ser um tanto constrangedor (para ambas as partes), quero perguntar o que interfere na vida das pessoas a tal lista? Já que quem está imunizado não pegará de quem não se vacinou, e ainda levando em conta que para a população inteira se vacinar levará algum tempo.

Eu tenho você não tem

Isso me lembra um comercial infantil em meados da década de 90, que uma criança com uma tesourinha do Mickey onde um garoto de 7 anos repete incansavelmente a frase “eu tenho você não tem” enquanto mostra sua tesoura nova para câmera.

Ao final o narrador conclui “Chegaram as tesourinhas do Mickey e Minnie da Mundial, só você ainda não tem” Deixando as boas maneiras de lado, o comercial coloca o garoto em um papel birrento, que busca fazer inveja nas outras crianças e rebaixar aquelas que não consomem o produto. Ele torna implícito o conceito de que ter a tesoura do Mickey o faz superior as outras crianças.

O comercial foi vetado pelo CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), por falta de ética publicitária, uma palavra bem forte essa tal  ÉTICA.

O projeto entra em votação na próxima semana, acredito que os vereadores terão discernimento e ver todos os lados da exposição do cidadão lageano.

 

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

1 COMENTÁRIO

  1. Como tenho feito ultimamente, sempre teço um comentário sobre suas pimentas, mas essa foi de amargar… Para a vereadora lógico, além das bandeiras que os partidos de esquerda adoram tremular, racismo, seccismo, machismo, agora o “Vachinismo”, só falta ainda querer saber de qual a origem da vacina. É a esquerda sem pauta, sem conhecimento, sem instrução querendo por em pauta um assinto sem pe nem cabeça… E o pior gastando dinheiro público, gerando tempo improdutivo e roubando tempo dos que tem algo a dizer…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here