DECRETO LAGES: Secretaria do desenvolvimento recebeu mais de 2 mil ligações em quatro dias para orientar a comunidade

1
748

Para corresponder à expectativa da sociedade, de obter o conhecimento sobre especificidades dos Decretos, a prefeitura montou uma equipe de atendimento por telefone na Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo com 11 funcionários.

A equipe foi preparada e orientada para atender as diversas dúvidas do lageano perante o decreto nº: 19.102, que o Prefeito Ceron expediu na segunda-feira (08/03) designando lockdown parcial no município por sete dias (zero hora de 9 de março até as 23h59min do dia 15 de março), com a suspensão de atividades econômicas comerciais e de prestação de serviços interpretadas como não-essenciais, na finalidade de conter a expansão da pandemia neste tempo de emergência de saúde.

 Ligações

Desde a terça-feira (09/03), até sexta-feira (12/03), foram mais de 2 mil ligações que a central de atendimento recebeu, e segundo o secretário de desenvolvimento e turismo, “Joinha”, a equipe atendeu diversas dúvidas, desde denúncias, esclarecimentos nas claúsulas e dúvidas sobre os dois decretos, o municipal e o estadual. “Nesses quatro dias todas as pessoas, empresários ou não, que ligaram foram atendidas e sanadas as dúvidas dentro do possível, também fizemos o encaminhamento das ligações para algumas secretarias, foram mais de 2 mil ligações e ainda temos segunda-feira para atender a população expressando esclarecimentos”.

Restritivo

O secretário ainda salienta que sobre os dois decretos, o estadual e o municipal, sempre passa valer o mais restritivo para a categoria que se tem a incerteza. “As dúvidas maiores foram sobre os dois decretos o municipal e o estadual, mas nesse caso passa a valer o mais restrito, um exemplo, as lotéricas municipais são permitidas 50% da capacidade e no decreto estadual não pode, passa a valer o estadual, outro exemplo é as igrejas e templos, o do estado permite 25%, e o decreto do município já não permite, então passa valer a do município que é mais restritivo”.

“Joinha” ainda comenta que a equipe estará o dia todo desta segunda-feira (15/03), atendendo as ligações para continuar sanando todas as dúvidas. “São cinco números de contato, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, sem interrupção no horário de almoço: 3224-0600, 3224-0700, 98428-9036, 98422-1386 e 98422-2304” finaliza.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

1 COMENTÁRIO

  1. Vergonha alheia, o município fechar igrejas e templos.
    Não acredito que um governo municipal que sente e OUÇA classes como Acil, CDL faria tal lockdown.
    Analise, o comércio e empresas são tão preocupadas, que ligam aos órgãos competentes, será que são eles o motivo da ploriferação do virus?
    Ou seria a falta de fiscalização das aglomerações ilícitas e ilegais?
    Tratamento preventivo, governo municipal e empresários de mãos juntas serão mais efetivos do que decisão unilateral, vinda de sei lá qual origem ate os ouvidos do nosso executivo para tomar tal atitude. Seria da experiência vinda da sua vida no comércio, seria do seu seio familiar, do qual nosso presidente sempre foi apedrejado (isso que os filhos dele foram eleitos senadores, deputados, vereadores).ser o único municipio da serra a tomar tal atitude demostra estar na contramão de um governo alinhado ao governo federal. Chapecó foi o maior exemplo, mesmo diante da maior crise do estado, não se entregou ao lockdown além do previsto pela incompetente desgovernança estadual. Parabéns ao João Rodrigues, mesmo sendo de um partido de Centro, mostrou-se centralizado… Mas do lado direito…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here