Lages: Com um ano de funcionamento o centro de triagem tem mais de 58 mil atendimentos

0
211

O mês de março encerra nesta quarta-feira (31) com um número expressivo de atendimentos contabilizados no Centro de Triagem da Covid-19 em Lages. A estrutura montada ainda no início da pandemia do novo Coronavírus no prédio do antigo Pronto Atendimento Tito Bianchini, no Centro, completou um ano de funcionamento ininterrupto nesta terça-feira (30) e atingiu a marca de 58.266 pessoas atendidas.

O local recebe moradores de Lages e dos demais municípios da região da Amures, que apresentem sintomas característicos do novo Coronavírus.  O secretário da Saúde de Lages, Claiton Camargo de Souza ressalta que a abertura do Centro de Triagem da Covid-19, capitaneada pelo Município, foi possível graças a união de esforços. “Pelo fato de Lages ser uma cidade polo na região, nos planejamos enquanto poder público, juntamente com alguns membros da sociedade civil para atender os casos da Covid-19 que começaram a surgir na região em março do ano passado. Lages foi uma das primeiras cidades do estado a contar com uma estrutura desse porte”, salienta.

Etapas de atendimento

Os pacientes que vão até o local passam inicialmente por uma triagem, com o preenchimento de uma ficha com os dados pessoais, verificação de sinais vitais (aferição de pressão arterial, frequência cardíaca e saturação). Na sequência é feita a classificação de cada caso pelo critério clínico, e a equipe multiprofissional avalia o quadro do paciente.

A Diretora de Atenção Especializada, responsável pelo Centro de Triagem da Covid-19, Francine Formiga ressalta que para garantir o funcionamento da estrutura durante 24 horas por dia, os profissionais da saúde se revezam em sistema de turnos. “O local mantém leitos para cuidados intermediários e leitos com respiradores para os casos mais graves. Mantemos equipes de plantão durante o dia e a noite, para atender a população”, acrescenta.

 

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here