Secretaria de Desenvolvimento, empresários e ACIL unidos para qualificar mão de obra em Lages

1
665

Em reunião virtual ontem (05) as 18h30, empresários, núcleos da ACIL e o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Lages Álvaro Mondadori (Joinha), estiveram juntos para encontrar algumas soluções para a demanda que Lages têm em mão de obra especializada.

O secretário Joinha, levantou alguns dados e exemplos como a Berneck, que contratou empresas terceirizadas na obra e que possui mais de 800 funcionários, com apenas 20% de Lages e 50% vindo do nordeste do Brasil. “Precisamos nos unir para qualificar o lageano para que a renda cresça na nossa região, temos uma grande demanda no banco do emprego de empresas e uma grande dificuldade de mão de obra qualificada”.

Joinha ainda informou que somente esse ano tiveram mais de 700 cadastros de pessoas no banco do emprego e desses, mais de 200 foram contratos pelas empresas. “Lages está se desenvolvendo rápido e com grande potencial, muitas empresas estão apostando na nossa cidade, mas a mão de obra não está acompanhando o mercado, poderíamos ter quase que 100% das vagas preenchidas se tivéssemos a mão de obra especializada, por isso, estamos estudando algumas parcerias com empresas e entidades para qualificar as pessoas e essas já saírem com emprego praticamente garantido e todos ganham com isso”.

Qualifica Melhor Lages

O secretário ainda salientou que no mês de abril começam os cursos do Qualifica Melhor Lages. “São 13 cursos que começam ainda nesse mês, respeitando todos os protocolos e normas sanitárias, iremos qualificar pessoas em alguns cursos onde temos bastante demanda, lembrando que as vagas são limitadas e diversos tipos de cursos”.

Atendimentos

Joinha ainda mostrou que Lages possui mais de 10 mil MEIs (Microempreendedor Individual), e a secretária de desenvolvimento, faz em média de dois mil atendimentos por mês, com uma média de 100 atendimentos diários. “Temos um excelente atendimento na secretaria, só para ter uma ideia, esse ano já ajudamos mais de 1800 pessoas a fazer o imposto de renda. Temos muito o que fazer, mas acredito estar no caminho certo, nossa meta agora é correr atrás das parceiras para qualificar o lageano para as empresas que estão chegando e as que estão por vir, isso inclui o turismo” finaliza.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here