Saúde mental é uma das grandes preocupações das empresas em 2021

0
221

A saúde mental do trabalhador é uma das grandes preocupações das organizações para o ano de 2021, especialmente considerando as diversas transformações ocorridas nesses ambientes devido à pandemia do novo coronavírus. O Relatório Tendências de Gestão em 2021, produzido pelo Great Place to Work (GPTW), apontou que o assunto “saúde mental” ficou em 5.º lugar entre os principais temas de gestão a serem trabalhados no ano de 2021. O relatório está na sua terceira edição e tem como objetivo medir a “temperatura” de alguns assuntos do contexto corporativo.

Entre as doenças mentais que podem estar relacionadas ao trabalho estão a depressão, a ansiedade, as dependências de álcool e outras drogas e a Síndrome de Burnout − um distúrbio psíquico causado pela exaustão extrema relacionada ao trabalho de um indivíduo. Juntas, essas doenças e síndromes estão entre as principais causas de afastamento do trabalho no Brasil, segundo a Previdência Social, além de outras enfermidades como as que afetam o pulmão, problemas de visão e auditivos, dermatoses, problemas na coluna, e talvez os mais conhecidos: LER (Lesões por Esforços Repetitivos) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). Em setembro do ano de 2020, o Ministério da Saúde divulgou uma lista atualizada com doenças do trabalho por meio da Portaria 2309, de 28 de agosto de 2020. Na atualização, foi incluída a covid-19 como doença relacionada ao trabalho.

Primeiro Passo

Um primeiro e grande passo para as empresas que desejam sair na frente no enfrentamento das questões de saúde mental é pensar em ações educativas e de prevenção. Criar canais de comunicação abertos para que os funcionários possam se expressar e pensar no tema, setores na empresa em que eles tenham a oportunidade de encontrar soluções para as suas queixas – que muitas vezes não são relatadas abertamente por serem consideradas tabus na sociedade atual.

Os gestores devem também se atentar para alguns sinais dentro das empresas que indicam problemas com saúde mental entre os colaboradores, como, por exemplo, um ambiente de trabalho que não é saudável, com jornadas exaustivas, falta de recursos para o desenvolvimento das atividades, pouca autonomia dos funcionários, falta de reconhecimento, comunicação não transparente e até assédio.

Informações:Mara Andrich

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here