Unifacvest impulsiona participação em atividades com Portugal, Índia e Nigéria

0
156

O mercado exige novas competências que avancem à ideia de empreender abrindo o próprio negócio, mas que permitam às pessoas compreender a importância de gestionar a própria carreira com a competência empreendedora. Esta competência não é adquirida sem a construção de habilidades que permitam autonomia intelectual fora do universo da escola, sobretudo nas regiões em que há vulnerabilidade digital, afirma o Reitor da Unifacvest, prof. Dr. Geovani Broering, em documento que abre o pedido encaminhado para a Unesco, em Paris, em que a universidade de Lages gestiona a chancela para a sede da cátedra de Educação a Distância na Nigéria.

Os convênios internacionais da Unifacvest avançam cada dia mais, através da participação das coordenações setoriais em órgãos colegiados de importantes instituições em todos os continentes do mundo. Através da Associação Latinoamericana de Ciência e Tecnologia (ALAC), tem convênios com instituição do México, Colômbia, Argentina, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

A universidade também vem firmando parcerias com instituições da Índia, Portugal, Espanha, Paquistão, China, Nepal e Ucrânia, permitindo as comunidades acadêmicas dos países envolvidos a troca de experiências que visam os seus desenvolvimentos em diferentes áreas do conhecimento. É através dessa sinergia que a Unifacvest vem se destacando no âmbito internacional por meio da realização de importantes atividades, como Global Talks, webinários, Simpósio Internacional e organização do COVAITE.

Nos últimos dias a universidade participou de diferentes eventos acadêmicos. O primeiro foi na quarta-feira, 21/04, quando foi dado início ao Programa de Mobilidade Docente Virtual (intercâmbio). Na ocasião, os docentes do Programa de Mestrado Profissional em Práticas Transculturais, Prof. Dr. Eduard Marquardt e Prof. Dr. Fabio Soares ministraram aula sobre cinema brasileiro para os alunos da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Portalegre. A atividade teve como objetivo permitir aos alunos de graduação e pós-graduação, a “Dual Degree” (dupla formação) com a universidade portuguesa.

Já na quinta-feira, 22/04, a professora Mithiane Córdova e o coordenador do curso de Ciência da Computação, Prof. Me. Márcio Sembay foram palestrantes no Global Talks sobre Inteligência Artificial com foco na segurança e aquisição de dados em saúde. A atividade internacional organizada pela Unifacvest, em parceria com UPES – Índia, contou ainda como palestrantes o decano da Escola de Ciência da Computação da UPES, Prof. Dr. Priyadarsan Patra, um dos maiores pesquisadores em inteligência artificial do mundo e gênio da INTEL por 23 anos; a ex-ministra da educação da Índia, Profª. Drª. Deepshikha Bhargava e o engenheiro da computação e pesquisador em Inteligência e Redes Neurais Artificiais na UPES, Eng. Amar Shukla.

Na noite desta quarta-feira, 28/04, a coordenadora de assuntos internacionais, Profª. Drª. Arceloni Volpato segue com a atividade do Programa de Mobilidade Docente Virtual para alunos da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Portalegre. A docente irá abordar sobre “realidade transcybercultural: conversas com Gulliver e Alice.”

Além dos convênios já firmados com as demais instituições, a Unifacvest está abrindo campo de colaboração humanitária e científica na Nigéria, através de parceria que já foi encaminhada para análise de cátedra na Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em Paris.

Qualificar e capacitar para que educação permita a equidade é a meta do projeto internacional apresentado pela Unifacvest junto à Unesco que pretende impulsionar o Letramento Digital como propulsor da equidade a partir de 60 escolas públicas de educação básica em seis regiões geográficas da Nigéria até 2025, numa parceria com o CEPROD (Nigéria), prevendo a elaboração de um Mapa da Educação Digital da Nigéria, capacitação de 2000 professores para o empreendedorismo e titulação em pós-graduação de outros 500, além da implantação de 60 “bureaus” digitais de inovação distribuídos nestas regiões.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here