Lages deve arrecadar mais de R$ 2.7 bilhões nos próximos quatro anos

0
258

A equipe da Secretaria Municipal de Administração e Finanças de Lages, chefiada pelo gestor Antônio Alves de Arruda, apresentou um esboço do Plano Plurianual (PPA) do município para o quadriênio 2022-2025 em audiência pública na Câmara de Vereadores. A previsão de arrecadação para os quatro anos é de R$ 2.736.410.000,00, com base em estimativas anuais de inflação na casa de 5% e de 1% para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), sem incluir na conta aportes como emendas orçamentárias e empréstimos, por exemplo.

A soma de todos os valores financeiros movimentados em 2020 na cidade de Lages foi de R$ 4.496.093.280,61, o que representa o Produto Interno Bruto (PIB) do município. Na apresentação, ele foi subdividido em categorias: o setor agropecuário representa 5,34% deste montante; recursos adquiridos judicialmente somam 0,17% do PIB; carros-chefes da economia lageana, indústria e comércio equivalem a 78,16%; os setores de transporte e serviço são responsáveis por 9,34%; enquanto as empresas optantes pelo Simples Nacional (pequenas empresas) sinalizam com 6,94% do percentual do PIB lageano. A Prefeitura arrecada parte deste valor, a meta para 2021 é que chegue a R$ 640 milhões.

 Alguns vereadores apresentaram questionamentos ao teor do documento: Enio do Vime (PSD) reclamou um aporte maior para a agricultura e a habitação; a assessora parlamentar do vereador Jair Junior (PSD), Pamella Mirelle, citou os baixos patamares atingidos por Lages no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para defender maiores investimentos na área; Suzana Duarte (Cidadania) sugeriu mais recursos para a efetivação de ações junto à Secretaria Municipal de Políticas para a Mulher; enquanto Gabriel Córdova (PSL) reforçou a necessidade de aporte para o turismo.

 Confira o vídeo completo da apresentação do PPA.

Compartilhar a matéria
TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here