Início Site Página 3

Gramado/RS: Evento Connection Terroirs do Brasil é adiado

Impactado pelos eventos climáticos no Rio Grande do Sul, o Connection Experience Terroir do Brasil 2024, que aconteceria entre os dias 15 e 18 de maio em Gramado, está adiado. O evento tem nova data definida: será de 12 a 15 de junho.

“Por respeito à dor dos gaúchos e da restrição em mobilidades, com o fechamento do aeroporto e estradas, optamos por adiar o Connection para um momento mais oportuno de celebração”, reforçam Marta Rossi, CEO da Rossi & Zorzanello, organizadora do evento, em comunicado juntamente com o Sebrae e a Secretaria de Turismo de Gramado.

Com foco em produtos de origem do Brasil, o Connection irá proporcionar painéis com convidados nacionais e internacionais, a Alameda Terroir – feira de expositores com produtos de origem, Cozinhas Show – aulas de culinária abertas ao público e o Circuito Gastronômico e de Experiências com a participação de restaurantes e parques da cidade.

Para referência

O Connection Experience 2024 acontece de 12 a 15 de junho em Gramado com o tema Terroirs do Brasil. Serão palestras, feira de expositores, circuito gastronômico e aulas show de culinária para fomentar novos negócios a partir dos produtos de origem do Brasil. O evento é realizado pela Rossi & Zorzanello com correalização do SEBRAE. Mais informações e ingressos no site: https://www.connectionexperience.com.br/.

Compartilhar a matéria

Lages: Casa Mãe Tereza proporciona acolhimento às gestantes da Maternidade Tereza Ramos

A maternidade é uma experiência única e desafiadora para as mulheres. Para proporcionar apoio e cuidado nesse momento especial, há sete anos, a Casa Mãe Tereza acolhe gestantes, puérperas e bebês da Serra Catarinense e também de outras regiões de Santa Catarina, que necessitam estar próximos ao hospital de referência, em Lages. Localizada a apenas 150 metros do Hospital e Maternidade Tereza Ramos (HGMTR), a Casa oferece condições de permanência, alimentação e acompanhamento multidisciplinar, atendendo em média 30 mães por mês.

Uma dessas mamães é a Manueli Palhano Rodrigues, de 20 anos, que com 34 semanas de gestação teve a bolsa rompida e precisou ser transferida de Xanxerê para Lages, em uma aeronave da Secretaria de Estado da Saúde (SES), com serviço aeromédico. Na Maternidade Tereza Ramos, deu à luz por meio de parto normal. Como o bebê nasceu prematuro, precisou ficar internado na UTI Neonatal.

Acolhida na Casa Mãe Tereza há um mês, Manueli elogiou o atendimento recebido. “Sou bem cuidada e me sinto quase como se estivesse em casa. A alimentação é boa e faço amizades com as outras mães. Vou diariamente visitar e cuidar da minha filha no hospital que fica aqui pertinho”, explica.

“Os nossos hospitais possuem essa rede de apoio, com todo o suporte necessário para as mamães. Esse cuidado é essencial para promover um ambiente acolhedor e a proximidade da mãe com o seu bebê, que precisa de cuidados e ainda não pode ser levado para casa. Uma iniciativa humanizada para todas as mulheres e famílias que necessitam de assistência durante esse momento tão especial e também desafiador”, explica a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto.

A Casa Mãe Tereza, inaugurada em 2017 como parte do projeto da Rede Cegonha, é uma unidade de cuidado peri-hospitalar que acolhe, cuida, acompanha e orienta gestantes, bebês e puérperas em situações especiais. Conta com uma equipe multidisciplinar composta por enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos e assistentes sociais, que oferecem suporte às mães em todas as etapas do processo.

A enfermeira obstétrica, Nathalia Reche Raineski, destaca o papel de humanização da casa de apoio para a mãe e a família. “Trabalhamos com as mães orientando sobre os cuidados com os bebês e a importância da amamentação, promovendo rodas de conversa para que se sintam acolhidas e felizes nesse momento delicado de suas vidas”, finaliza.

Compartilhar a matéria

Empresas anunciam voos extras para aeroportos catarinenses para suprir demanda do Rio Grande do Sul

As empresas aéreas que atuam em Santa Catarina estão definindo voos extras para atender o Rio Grande do Sul no transporte de passageiros e cargas. Uma malha área emergencial deve adicionar pelo menos 58 voos por semana nos aeroportos de Florianópolis, Navegantes e Jaguaruna.

A medida é uma alternativa para manter Porto Alegre (RS) e sua região metropolitana conectada com o restante do Brasil e atender as necessidades de transporte de pessoas e cargas. As operações no aeroporto da capital gaúcha estão suspensas até 30 de maio em virtude dos impactos das fortes chuvas.

“Desde o início dessa crise climática sem precedentes o governador Jorginho Mello nos acionou e estamos em contato com as empresas aéreas para colocar os aeroportos de Santa Catarina à disposição e como alternativa para atender a essas demandas. Sabemos que o planejamento de malha é muito complexo e que todos os esforços estão sendo feitos para que esses voos extras ocorram”, afirma o secretário de Portos, Aeroportos e Ferrovias (SPAF), Beto Martins.

A Latam informa que a partir desta sexta-feira, 10 até 30 de maio, a operação Guarulhos-Florianópolis-Guarulhos será temporariamente ampliada de 10 para 14 voos diários, Guarulhos-Jaguaruna-Guarulhos passará de 2 para 4 voos diários. No total, serão 42 voos extras.

Todas as rotas com incrementos emergenciais da Latam na Região Sul do Brasil são operadas com aeronaves A321 (capacidade para até 216 passageiros) e A320 (capacidade para até 174 passageiros).

Já a Azul, também informou que aumentou a capacidade de 22 voos, trocando aeronaves modelo ATR-72 (de até 70 passageiros) por modelos A320 (174 passageiros) e também fará 16 operações extras para FlorianópolisNavegantes e Jaguaruna. A empresa ainda aguarda as autorizações da ANAC para oficializar as rotas.

Os voos das empresas podem sofrer alterações em razão de mudanças operacionais, demanda e por regulação dos órgãos de controle.

Compartilhar a matéria

SC: Frente fria chega e provoca queda nas temperaturas e há condições para temporais e chuva intensa

De acordo com a Defesa Civil de Santa Catarina, nesta quinta-feira, 9, a influência de uma frente fria, que ao longo do dia ganha características estacionárias, segue favorecendo a formação de instabilidades por todo estado, mantendo o tempo nublado com condições para chuva e temporais isolados a qualquer hora do dia. O risco é baixo a moderado para ocorrências relacionadas aos temporais, como queda de granizo, rajadas fortes de vento e chuva pontualmente intensa. Com o tempo mais nublado, as temperaturas máximas marcam valores abaixo de 20°C no Litoral Sul, entre 20 e 24°C no Grande Oeste e demais regiões litorâneas, e de 24 a 27°C em trechos do Vale do Itajaí e Planalto Norte. Ondulação de sul/sudeste entre 1,5 e 2,3 m.

Na sexta-feira,10, a frente recua para sul em direção ao Rio Grande do Sul como frente quente. Desta forma, o tempo se mantém instável em Santa Catarina, especialmente entre o Planalto Sul e o Litoral Sul, onde a instabilidade será mais frequente com condição para chuva forte e temporais isolados com fortes rajadas de vento e eventual precipitação de granizo a qualquer hora do dia. Nas demais regiões, especialmente do Grande Oeste, as instabilidades se intercalam com períodos de sol. O risco será baixo a pontualmente alto para ocorrências associadas aos temporais e à chuva intensa. As mínimas variam entre 13 e 18°C na maioria das regiões. As máximas retornam para os valores entre 26 e 29°C no Grande Oeste, enquanto entre o Vale e o Litoral Sul marcam de 22 a 25°C. Nas áreas serranas e áreas do Litoral Sul mais próximas ao RS, as temperaturas variam de 15°C a 19°C.

No sábado,11, a influência de uma área de baixa pressão que deve se deslocar para alto mar e a formação de uma nova frente fria entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina mantém o tempo instável entre o Planalto Sul e Litoral Sul onde há maior condição para chuva pontualmente intensa e temporais isolados com granizo e fortes rajadas de vento. Entre a Grande Florianópolis e o Vale do Itajaí, o sol aparece entre nuvens e as temperaturas entram em elevação mas há condições para temporais isolados, especialmente da tarde para noite com risco baixo a moderado para ocorrências meteorológicas associadas. Nas demais áreas, tempo firme. As temperaturas máximas variam de 20°C a 24°C no Litoral Sul e Planalto Sul, 25°C a 29°C no Grande Oeste e Planalto Norte e de 27°C a 32°C entre a Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Litoral Norte.

No domingo,12, o sistema segue apresentando características estacionárias, posicionando-se entre o nordeste do Rio Grande do Sul, Serra e Litoral Sul catarinense, onde deve causar chuva intensa e volumosa, com risco moderado a alto para ocorrências associadas a alagamentos, enxurradas pontuais e danos na rede elétrica.

Compartilhar a matéria

Sebrae SC alerta a população sobre golpes virtuais aplicados sobre MEIs

O Sebrae/SC tem recebido avisos dos empresários sobre a tentativa de golpes exigindo a cobrança de taxas para abertura de registro como Microempreendedor Individual (MEI). A entidade alerta que essa prática é ilegal, considerada uma fraude virtual.

Os riscos aos microempreendedores individuais já iniciam antes mesmo da formalização do negócio, embora todo o processo de formalização seja gratuito e possa ser realizado pelo próprio empreendedor. Existem portais ilegais que se passam pelo portal oficial do governo e realizam cobranças pelos serviços prestados.

A gestora estadual das Salas do Empreendedor e atendimento MEI, Aline Pereira, ressalta que nenhuma entidade ou órgão oficial solicita dados dos contribuintes por telefone, e-mail ou WhatsApp.

“Todo processo virtual para abertura, alteração ou baixa de empresas é feito de forma gratuita pelo site www.gov.br/mei, na aba Empresas e Negócios. A única taxa cobrada aos MEIs é sobre o Documento de Arrecadação Simplificada (DAS), sendo emitido pelo próprio empreendedor dentro da plataforma do governo federal e alerta o empreendedor para verificar a veracidade das cobranças recebidas antes de efetuar pagamento”, salienta Aline.

O DAS serve para recolher os impostos e contribuições necessários para manter o negócio legalizado e ter acesso aos benefícios da Previdência Social.

Outra situação vivenciada pelos microempreendedores é o recebimento de cobranças de associações ou sindicatos. Atenção o MEI não está obrigado a se vincular a nenhum tipo de sindicato. Essas cobranças são indevidas se o vínculo não ocorrer por iniciativa do empreendedor.

O contribuinte que estiver em dúvidas sobre qualquer tipo de tentativa de cobrança que esteja sofrendo, pode procurar a Sala do Empreendedor mais próxima ou ligar no 0800 570 0800.

“Uma outra recomendação importante é que o empreendedor que porventura tenha caído em um golpe virtual, que ela registre um boletim de ocorrência para que a situação seja apurada”, destaca a gestora.

Na dúvida, não clique em links nem forneça dados a contatos de e-mail ou WhatsApp, nem pague boletos recebidos por esses meios eletrônicos.

Assessoria

Compartilhar a matéria

Bombeiros de SC enviam cães de busca e resgate ao Rio Grande do Sul

Ás 9h desta terça-feira, 07, foram mobilizados e deslocados os primeiros binômios catarinenses – dupla formada entre bombeiro militar e cão de busca – para atuação na região de Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul. A concentração para saída do comboio será no 5° Batalhão de Bombeiros Militar com sede em Lages.

Para complementar o trabalho dos 39 bombeiros militares, integrantes das Forças-Tarefas (FTs) do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), que deslocaram para o estado vizinho na manhã de segunda-feira, 06, serão enviados 04 binômios que pertencem aos batalhões de Xanxerê, Rio do Sul, Blumenau e Criciúma, e são certificados para atuar em áreas deslizadas.

Além disso, seguem para o estado gaúcho os seguintes recursos:

– 02 viaturas;
– 02 caminhões;
– 01 mini-escavadeira hidráulica;
– 01 quadriciclo;
– 04 bombeiros especializados para conduzir esses equipamentos.

“Essa equipe ficará no Rio Grande do Sul, com previsão inicial de uma semana, quando será rendida por uma nova equipe de binômios”, afirma o coronel Walter Parizotto, presidente da Coordenadoria de Serviço de Busca, Resgate e Salvamento com Cães do CBMSC.

Além de ser o primeiro Estado a enviar efetivo para os atendimentos no Rio Grande do Sul, Santa Catarina tem hoje a maior equipe de bombeiros militar em atuação no estado gaúcho, entre os corpos de bombeiros de todos país.

CBMSC É REFERÊNCIA NO SERVIÇO DE BUSCA COM CÃES

Em Santa Catarina, o CBMSC é referência internacional no assunto e utiliza este tipo de serviço especializado para encontrar de forma mais rápida as vítimas em casos de desastres de origem natural ou tecnológica, em ocorrências envolvendo busca terrestre, intervenções em áreas deslizadas, busca e resgate em estruturas colapsadas e em salvamento aquático.

“Não existe nenhum equipamento hoje que substitua os cães em operações de busca e salvamento, uma vez que um binômio é capaz de varrer o mesmo espaço territorial que uma equipe de 30 homens no mesmo espaço de tempo”, reforça o coronel.

Entre as principais atuações podemos citar:

* Chuvas 2023: Vale do Taquari – Rio Grande do Sul – 06 binômios
* Deslizamentos pós chuvas 2023: Rodeio – Santa Catarina – 04 binômios
* Deslizamentos de encostas 2022 – Recife – 03 binômios
* Enchentes e deslizamentos de terra 2022 – Petrópolis – Rio de Janeiro – 12 binômios
* Desmoronamento 2021 – Incêndio do prédio da Segurança Pública do Rio Grande do Sul – 02 binômios
* Rompimento de barragem 2019 – Brumadinho – Minas Gerais – 07 binômios

Compartilhar a matéria

Governo de SC envia mais 100 bolsas de sangue para o RS

O Governo do Estado enviou na manhã desta segunda-feira, 6, mais 100 bolsas de hemocomponentes do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (HEMOSC) ao Rio Grande do Sul. Na semana passada, já haviam sido encaminhadas 90 bolsas, entre plaquetas, pool de plaquetas e outros hemocomponentes para auxiliar o Estado vizinho.

O material foi transportado pelo avião do Estado até Porto Alegre. À tarde, às 14h, será realizado novo envio. Os hemocomponentes serão disponibilizados conforme a necessidade do HEMORGS. Inclusive haverá envio de hemoderivados para pacientes hemofílicos.

A secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, reforça que Santa Catarina está empenhada mandando toda a ajuda necessária ao Estado gaúcho. “Quero agradecer a todos os nossos voluntários que foram a um dos nossos Hemoscs fazer a doação e à toda equipe que trabalhou no sábado, e por isso está nos permitindo enviar essas bolsas de sangue. Vamos seguir amparando os pacientes do Rio Grande do Sul no que tiver ao nosso alcance”, informa.

No sábado, 4, o HEMOSC abriu as portas, em caráter extraordinário, em oito municípios para reforçar os estoques e auxiliar o Rio Grande do Sul. Foram recebidos 721 candidatos à doação de sangue e coletadas 618 bolsas.

A diretora-geral do HEMOSC, Patrícia Carsten, agradeceu à hemorrede, que rapidamente se organizou para atender ao chamado nesta situação de necessidade. “Todos entenderam que esse é o nosso propósito. Trabalhar para fortalecer a esperança e salvar vidas. Os catarinenses estão enviando sangue e orações aos gaúchos”, destaca.

Compartilhar a matéria

Frente fria traz mais chuvas ao Rio Grande do Sul

Segundo o ClimaTempo, nesta quarta-feira (08), um ciclone extratropical se forma entre a madrugada e o começo da manhã, próximo da costa da Argentina, na altura da província de Buenos Aires. Ao longo do dia, esse sistema se aprofunda, se deslocando pelo oceano.

Este sistema não vai passar sobre o Rio Grande do Sul, mas a presença dele vai favorecer o aumento da intensidade dos ventos pela Região Sul do Brasil. Além disso, ele dá origem a uma nova frente fria que vai reforçar as instabilidades outra vez pelo Rio Grande do Sul, provocando o retorno da chuva no centro-norte do estado.
Em relação ao estado gaúcho, embora o ciclone esteja no oceano, os ventos previstos associados a ele, podem atingir valores de 60 a 80 km/h – mesmo que não esteja chovendo. Nas regiões com risco de temporais os ventos podem atingir valores próximos a 90 km/h.

Frente fria 

A frente fria associada ao sistema, irá manter a condição de tempo instável e a chuva deve acontecer de maneira mais generalizada sobre o estado, com condições de temporais e chuva volumosa, em especial, no centro-sul, oeste e noroeste gaúcho. Algumas pancadas podem ocorrer na tarde de quarta-feira na grande Porto Alegre, na Região Serrana, na metade norte e na região dos Vale.

A previsão é de que a chuva comece a aparecer de manhã no sul do Estado e à medida que a frente fria avança, a condição deve afetar a Metade Norte. Alguns dos maiores volumes de chuva previstos são para Rio Grande (50mm), Porto Alegre (30mm), Campo Bom (30mm) e Santa Maria (30mm). Para alguns municípios, os valores, apesar de baixos, já são preocupantes.

Compartilhar a matéria

Lages se mobiliza e entrega 4 carretas de mantimentos para o RS, confira o que ainda precisam

Em uma grande ação encabeçada pelo comunicador Biguá, empresários, comerciantes e voluntários estão empenhados no CentroSerra em Lages, fazendo a triagem de roupas e mantimentos doados por pessoas que estão sensibilizadas com a tragédia que ocorreu no Rio Grande do Sul.

São 4 carretas indo para as regiões afetas pelas enchentes. E aqui em Lages ficam os voluntários para preencher a quinta carreta até amanhã terça-feira (07/05).

Biguá informou o que precisam com mais urgência.

  • Mamadeiras
  • Bicos para crianças
  • Lenços umedecidos
  • Fraldas
  • Pomadas para assaduras
  • Leite para amamentação dos bebês
  • Fraldas geriátricas
  • Escova de dentes
  • Aparelho de barbear descartável
  • Água
  • Colchão.

Parabéns aos voluntários, mostrando que o Lageano é solidário.

Compartilhar a matéria

Início da semana de sol e tardes quentes em SC

Segunda-feira (06/05):

Tempo: firme e ensolarado em SC.

Temperatura: elevada para a época do ano, com máximas próximas e acima de 30°C.

Vento: nordeste a noroeste, fraco a moderado, com rajadas no Litoral Sul.

Sistema: massa de ar seco em SC.

Terça-feira (07/05):

Tempo: segue firme com sol e poucas nuvens em SC, com nevoeiros isolados.

Temperatura: elevada para a época do ano, com máximas próximas e acima de 30°C.

Vento: nordeste a noroeste, fraco a moderado, com rajadas no Litoral Sul.

Sistema: massa de ar seco em SC.

 Quarta-feira (08/05):

Tempo: sol e algumas nuvens em SC, com pancadas de chuva e temporais localizados no oeste e sul no fim do dia devido a aproximação de uma frente fria.

Temperatura: bem elevada para a época do ano, com máximas de 32 a 35°C.

Vento: nordeste a noroeste, passando a sul no oeste, fraco a moderado, com rajadas.

Quinta-feira (09/05):

Tempo: nebulosidade variável e chuva isolada em SC, especialmente a partir da tarde, devido ao avanço da frente fria. Risco de temporais localizados.

Temperatura: diminui no decorrer do dia.

Vento: noroeste a sul, fraco a moderado, com rajadas.

Sexta-feira (10/05):

Tempo: nebulosidade variável em SC, com chuva isolada no Planalto Sul, Litoral Sul e Grande Florianópolis devido a um cavado (área de baixa pressão). No decorrer do dia o sol aparece na maioria das regiões.

Temperatura: amena, em elevação durante o dia.

Vento: sul a nordeste, fraco a moderado.

Compartilhar a matéria