Crimes contra o agronegócio contam com delegacia especializada em SC

0
159

Na tarde desta segunda-feira (16), esteve na sede do Sindicato Rural de Lages, o delegado Fernando Callfass, responsável pelo Centro de Apoio Operacional de Combate aos Crimes contra o Agronegócio (Caoagro). O serviço está funcionando desde o dia 2 de fevereiro passado. O delegado ainda dirige a estrutura da Diretoria de Polícia da Fronteira (DIFRON/PCSC), em Chapecó (SC). A presença dele em Lages se deveu ao convite da diretoria do Sindicato Rural e da Delegacia Regional de Polícia de Lages. Na ocasião ele apresentou como todo o sistema vem funcionando em Santa Catarina.

A partir da explanação, os presentes tiveram oportunidade de entender por que o projeto foi criado, como as pessoas podem acessar o centro de apoio, e como as ferramentas podem ser úteis a quem precisar do serviço. Embora a sede do organismo esteja situada na Região Oeste, o atendimento abrange todo o Estado. A instalação em Chapecó é em razão do grande número de ocorrências na região.

A vinda do Delegado a Lages, também teve uma importância psicológica, no sentido de tranquilizar os produtores locais, com a especificação de que o centro de apoio é estadualizado. Todos os boletins de ocorrências (BOs), sem exceção, serão feitos de forma online através da Delegacia Virtual, valendo para qualquer uma das delegacias de Santa Catarina. O órgão em Chapecó tem acesso imediato de todos os boletins de crimes nas propriedades rurais, e que passam a ser considerados contra o agronegócio, independente de pequeno ou grande produtor.

Ocorrências em Lages

O centro de comando e controle aponta Lages como um dos municípios em que as ocorrências são bastante ligadas a crimes de furto de bovinos (abigeato), e que estão acima da média, representando 5,5% dos registros no Estado. A Polícia Civil já está ciente disso.

Por sua vez, o presidente do Sindicato Rural de Lages, Márcio Pamplona, disse que, sem dúvida, é um passo a mais para os produtores evoluírem nessa parceria entre as Polícias Militar e Civil, e os demais órgãos de segurança. Fernando Callfass, que está à frente da delegacia de repressão aos crimes contra o agronegócio, apresentou um projeto que surge como uma novidade na Polícia Civil.

Da apresentação participaram membros do Sindicato, policiais civis de Lages e região, além de representantes da Cidasc e da Prefeitura de Lages, entre outros convidados. O telefone do Coagro é (49) 99173 8826.

Assessoria de Imprensa

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here