Catarinense se desespera ao descobrir que perdeu 4 cães em escala de voo

0
488

Na área de embarque de um aeroporto em Istambul, na Turquia,  João Paulo de Costa, que é catarinense da cidade de Criciúma,  fazia uma escala no país transcontinental quando foi separado de quatro dos cinco animais de estimação que o acompanhavam.

João Paulo, havia viajado para as Filipinas com os animais da raça Papillon para um concurso de beleza. No retorno, no entanto, a companhia aérea responsável pelo voo vendeu uma quantidade superior de passagens do que a aeronave comportava e cancelou a viagem. “Quando chegamos na Turquia (para escala), deu overbooking. Eu estava na porta de embarque e eles [funcionários] nos chamaram para dizer que deveríamos voltar ao guichê para organizar a nossa situação”, explicou.

Foi neste momento que o tutor começou a questionar sobre os animais, já distantes dele e prontos para o embarque.

“Eu disse: ‘Tenho quatro cães no porão neste voo. Quero saber onde estão. Se meu voo foi cancelado, eu quero ver meus cães. Ninguém me dava resposta e eles [atendentes] começaram a fugir de mim. Eu me desesperei”, relembrou

Ele chegou a gravar os funcionários o ignorando enquanto questionava sobre os animais. No vídeo feito por ele (assista acima), os atendentes aparecem se distanciando sem respondê-lo.

A situação só foi resolvida, quando policiais chegaram ao local e ordenaram que a companhia aérea desse informações sobre os bichos de estimação do viajante.

“E aí começou aquela busca pelos cães. Todos da companhia entraram e uns 30 minutos apareceram com os cães. Imagina, os cães viajariam sozinhos ou ficariam no aeroporto sem assistência. Um descaso”, relatou.

Algumas horas mais tarde, o catarinense conseguiu embarcar com os animais de estimação.

G1

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here