Crônica: O poder de ser FEMININA

0
719

Outro dia me peguei no meio de uma discussão em um grupo de amigos (homens e mulheres), onde o assunto era o homem deve pagar ou não a conta.

Falei que sou casada há mais de 34 anos, mas se fosse solteira, o homem que quisesse me convidar para jantar ou ir ao cinema ou teatro, teria sim que pagar a minha conta. Para meu espanto uma das amigas olhou para mim admirada com minha resposta, e ainda acrescentou “Cris nunca imaginei que você pensava assim, você uma mulher bem resolvida, poderosa ia se deixar levar por algo tão insignificante, onde claramente o homem pagando tem segundas intensões com você, eu jamais deixaria ele pagar, porque não quero ficar na obrigação de acabar na cama com ele”.

Depois de ouvir pacientemente a “amiga” falar, respirei, até porque já escrevi sobre isso aqui no blog. E expus meu pensamento. Querida amiga, os homens de hoje estão deixando de ser românticos e a culpa é nossa, sou do tipo de mulher que quero ser cortejada, mimada, quero o homem abrindo a porta do carro para eu entrar, quero o homem servindo o vinho na minha taça. Eu ser independente e “poderosa” não quer dizer que deixei de apreciar o que é bom e de receber atenção e carinho.

Talvez a diferença entre eu e você, seja o verdadeiro “empoderamento”, o meu empoderamento está em fazer o homem ser HOMEM, pagar a minha conta, até porque custa caro estar bem vestida, linda, cheirosa e de unhas feitas.

Quanto a ter a obrigação de acabar na cama dele no final da noite, lhe digo que também faz parte do meu empoderamento, que também deve ser diferente do seu, no meu empoderamento eu tenho a escolha, e aprendi que NÃO É NÃO, e pronto, e garanto que um verdadeiro HOMEM sabe bem disso.

Eu gosto de HOMEM educado, mostrando para mim que eu sou um diamante que vale a pena, mas respeito as “mulheres” que não gostam, o problema que ficam infelizes e frustradas.

Mulheres parem de colocar o “carro na frente dos bois”, saiam com os HOMENS, que valem a pena, exponham o que querem em um verdadeiro homem, afinal ele também tem a escolha de querer um segundo encontro ou não.

Depois vejo mulheres reclamando que os homens deixaram de ser sensíveis, lógico, eles estão acuados, amedrontados e não sabem nem como agir, pois, tudo hoje é assedio, a maneira que eles estão achando de lidar com essas “mulheres” donas do mimimi, é ser insensíveis e até indiferentes.

Portanto, deixem o homem ser HOMEM, esse é o verdadeiro poder feminino. E quanto aos homens que estão acostumados a dividir a conta, tomem vergonha na cara e assumam o papel de HOMEM, com o tempo nós mulheres sabemos a diferença do moleque e do verdadeiro HOMEM.

Por CrisMenegon

#BlogCrisMenegon #CrônicasCrisMenegon #Feminina #Empoderamento #Poderosas

 

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here