HOSPITAL NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS, EM BOM RETIRO, BATE RECORDE DE CIRURGIAS ELETIVAS

0
420

O Hospital Nossa Senhora das Graças, de Bom Retiro, na Serra Catarinense, bateu recorde de cirurgias eletivas ao longo do ano de 2023, ultrapassando, nos 10 primeiros meses, o total de procedimentos realizados em 2022. A unidade é uma das 123 instituições que participam do Programa de Cirurgias do Governo do Estado.

Os dados indicam que, de janeiro a outubro de 2023, foram realizadas 685 cirurgias, superando as 635 cirurgias efetuadas durante todo o ano de 2022. Entre os procedimentos mais frequentes estão colecistectomia, hérnia inguinal unilateral, vasectomia e hernioplastia umbilical.

“A saúde é uma  prioridade do Governador Jorginho Mello e nós estamos empenhados em atender os pacientes o mais próprio de suas casas. A realização de cirurgias eletivas no Hospital de Bom Retiro reforça o comprometimento das unidades hospitalares da Serra em nos ajudar a retirar as pessoas da fila de espera,” ressalta a Secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto.

Para o diretor, Alfredo Martinho Rosar, as cirurgias eletivas desempenham um papel fundamental na melhoria da qualidade de vida dos pacientes da região. Ele destacou que, anteriormente, existia uma fila considerável de cirurgias represadas, mas com a abertura do centro cirúrgico do hospital e a implementação do Programa de Cirurgias Eletivas, a fila diminuiu significativamente. O diretor enfatizou que a redução do tempo de espera por procedimentos é crucial, e o hospital tem contribuído para atender às demandas da Secretaria de Estado da Saúde (SES) no esforço para eliminar as filas de cirurgias eletivas.

“Observamos que hoje, um paciente grave não permanece muito tempo em fila, pois agora há leitos disponíveis para internação e realização de procedimentos. Dessa forma, o hospital de porte médio atende às demandas de pequena e média complexidade, enquanto os casos de alta complexidade são tratados conforme a capacidade da instituição, proporcionando um serviço de excelência para a população da Serra Catarinense”, afirmou Alfredo Martinho Rosar.

Quanto à origem dos pacientes submetidos às cirurgias, a grande maioria é proveniente de Lages, além de municípios vizinhos como Otacílio Costa, São Joaquim, Painel, Bocaina do Sul, Correia Pinto, Urupema, Bom Jardim da Serra, Ponte Alta, Cerro Negro, Anita Garibaldi, Urubici, entre outros.

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here