Estudo sobre prevenção de cheias em Lages foi apresentado na ACIL

0
53

Os constantes alagamentos que ocorrem em Lages em decorrência das chuvas e a busca por uma solução levou a diretoria da Associação Empresarial de Lages a convidar o professor Silvio Luis Rafaeli Neto, para apresentar um levantamento feito por ele, que aborda a questão dos constantes alagamentos em Lages devido às chuvas.

Durante a apresentação, o professor utilizou três maquetes para ilustrar as bacias hidrográficas do Rio Carahá, do Rio Caveiras e do Rio Ponte Grande, destacando os pontos críticos. O estudo realizado em 2019, aponta como possíveis soluções a construção de uma barragem próxima à BR-116, entre Lages e Painel, com um custo aproximado de R$ 75 milhões e a implantação de um túnel entre a chácara Asa Verde e o Morro Grande, estimado em R$ 30 milhões. Ele também sugeriu a realização de uma drenagem sustentável no Rio Carahá como medida paliativa.

O empresário Denys Krzizanowski sugeriu a criação de uma comissão para tratar exclusivamente sobre este assunto. “Existem soluções para ajudar a reduzir isso os alagamentos e enchentes. Sabemos que este problema não será resolvido do dia para noite, mas precisamos dar o primeiro passo”, declarou.

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here