PREFEITURA TOPO 05-06
 
TORTEN
BM3
Início Site

Unifacvest lança programa de Bolsas Integrais

0

O Centro Universitário Unifacvest está disponibilizando para o segundo semestre de 2018, um programa de bolsas de estudo aos alunos que ingressarem na primeira fase dos cursos presenciais oferecidos

32 bolsas integrais 

O Programa de Bolsas Integrais de Apoio à Comunidade – PROBIC oferecerá 32 bolsas integrais (100% para todo o curso) a ingressantes que tenham cursado o ensino médio totalmente em escolas públicas, e cuja renda familiar per capita não ultrapasse um salário mínimo.

Formulário

Os interessados deverão preencher o formulário de solicitação de Bolsa, que pode ser acessado nesse endereço, e encaminhá-lo, juntamente com a documentação solicitada, ao setor de Assistência Social da Unifacvest.

Até 25 julho

As solicitações serão recebidas no horário das 15 às 21 horas, de segunda a sexta-feira, até o dia 25 de julho de 2018.

 

Fonte: Comunicação Unifacvest

#BM3ComunicaçãoCriativa

Compartilhar a matéria

Discriminação de SC no retorno de impostos a diferença é o resultado de fatos políticos

Só para relembrar hoje, para cada R$ 100 que SC envia para Brasília, recebe a devolução de R$ 18,64, enquanto o Rio Grande do Sul tem a devolução de R$ 23,06 e o Paraná de R$ 26,41.

O que era para ser uma reunião técnica, em que o secretário de Estado da Fazenda relatou gráficos e mais gráficos sobre a situação financeira de Santa Catarina em 2017 e no primeiro quadrimestre deste ano, acabou se tornando um encontro político sobre o retorno dos impostos federais para SC.

Secretário Paulo Ely

Nesta quarta-feira, a Comissão de Finanças da Assembleia ouviu o secretário Paulo Ely, que expôs o quadro de recessão nacional e os reflexos em Santa Catarina. Em resumo, redução drástica na arrecadação de impostos a partir de 2014 e crescimento das despesas, decorrentes da maior crise econômica da história do Brasil. E pior: são despesas legais e que não dependem de gestão, como o pagamento dos aposentados e os percentuais constitucionais.

A reunião mudou o eixo quando o deputado Gabriel Ribeiro questionou o secretário sobre o menor percentual que Santa Catarina recebe no retorno de impostos da União, comparando-se apenas aos vizinhos Rio Grande do Sul e Paraná, Estados em situação socioeconômica semelhante.

Pedra no sapato dos catarinenses

O secretário Paulo Ely disse que a resposta não é técnica e que a diferença é o resultado de fatos políticos. Relatou que frequenta reuniões em Brasília desde os anos 1980 e que esta é uma pedra no sapato catarinense. Segundo ele, SC sempre foi considerada “rica” pela União, e que em anos anteriores o Paraná era tido como o “pobre” do Sul. Além disso, o Rio Grande do Sul, na época da ditadura militar, conseguiu favorecimentos justamente por ter dado ao regime generais-presidente: Garrastazu Médici e Ernesto Geisel, o que explica a diferença de tratamento. Somado a isso, a bancada federal catarinense tem apenas 16 deputados, ou seja, pouca força política para mudar o quadro.

MOÇÃO: Gabriel Ribeiro levantou este questionamento sobre a diferença de tratamento no retorno dos impostos e tem levado esta bandeira a deputados federais e ao próprio governo federal. A Alesc aprovou uma moção de contrariedade, de autoria de Gabriel Ribeiro, que pede a equiparação no tratamento pelo menos em relação aos Estados do Sul, pois as unidades do Norte e Nordeste, por serem mais carentes, recebem maior retorno da União.

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, respondeu a deputado que o assunto está sendo analisado pelo Ministério da Fazenda.

Compartilhar a matéria

Turismo mobiliza municípios da Serra Catarinense

Mais de 80 pessoas representantes dos 18 municípios da região da Amures participaram na manhã desta quarta-feira (20), da programação do Workshop Identidade Cultural – Serra Catarinense. O evento no auditório do Centro Tecnológico da Uniplac, teve com um dos grandes momentos, a palestra sobre Identidade Cultural na Região Serrana com o professor Geraldo Locks e participação do Analista de Cultura SOL e Secretário do Conselho Estadual de Cultura, Rosivaldo Flausino.

Exposições e cases no evento

O Workshop Identidade Cultural Serra Catarinense é um modelo que deve ser adotado em outras regiões do Estado. Acontece numa parceria da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e Amures, com apoio de várias entidades como Sebrae, Consórcio Serra Catarinense – Cisama, Uniplac, Udesc, MTG, Conserra, Epagri, Instituto Federal – Ifesc e Orion Parque.

Produtos da Serra

Na programação foram apresentados vários cases de sucesso ligados à cultura e o turismo da região. Também chamou a atenção os produtos servidos no café típico serrano, produzidos por uma associação de mulheres do município de Rio Rufino denominada Morenas do Divino.

A exposição de produtos típicos regionais com mel, artefatos em vime, vestimentas tradicionalistas e dentre outros, artesanato de subprodutos da celulose encantou os visitantes do workshop. E hoje tem mais.

Compartilhar a matéria

Coletiva com a imprensa na Câmara de vereadores de Lages

0

A imprensa esteve em coletiva ontem (20) na Câmara de Vereadores de Lages para um encontro de apresentação do balanço dos primeiros meses da gestão do presidente Luiz Marin (Progressistas) à frente do Poder Legislativo Lageano, bem como das futuras ações e metas previstas para este ano na Casa.

Recurso

Dos quase R$ 4.5 milhões (R$ 4.447,695,19) do recurso orçamentário repassado à Câmara neste ano, foram gastos até o momento o valor de R$ 3.404,640,23, restando um saldo bancário de mais de um milhão de reais: R$ 1.043,054,99. Com este fundo de reserva, a proposta é de se realizar melhorias na estrutura física para que a Câmara fique cada vez mais adequada aos pontos exigidos pelo Corpo de Bombeiros, a construção de uma nova ala na Câmara (Biblioteca) e o pagamento do 13º salário aos servidores.

O montante é ligeiramente superior ao mesmo valor gasto no ano passado, a diferença de R$ 141,254,87 é explicada pelo reajuste nos vencimentos de vereadores e funcionários, feito todo ano de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e que neste ano ficou no percentual de 2,07% aos vereadores e de 4% aos servidores do Legislativo, caracterizando um modelo de gestão de economia neste poder. Sobre a economia, Marin foi elogioso para com os demais vereadores e os servidores da Câmara de Lages.

 Sede da Câmara

O presidente também respondeu alguns questionamentos dos jornalistas e comunicadores de Lages. Em relação ao Habite-se da sede da Câmara, disse que é uma das suas prioridades, que o edital para licitação já foi lançado e que até o fim do ano o prédio deve ter o documento definitivo (no momento, existe uma Habite-se provisório expedido pelos bombeiros). Marin teceu comentários sobre a reestruturação da TV Câmara, a modernização e acessibilidade do site do Legislativo e do painel de votação das sessões deliberativas, além de apresentar o projeto para construção de uma biblioteca da Câmara de Lages, tanto para guardar os documentos históricos do Legislativo Lageano, como para uso por parte da população.

Licitação Agência

Sobre a licitação para contratação da agência de publicidade que prestará serviços à Câmara, o presidente manifestou que a complexidade do processo demanda paciência e calma na condução dos trabalhos e não cobra pressa na resolução deste fato, ainda que as empresas interessadas já tenham apresentado a documentação necessária para participar do certame. Nos próximos dias deve acontecer a análise das propostas.

Compartilhar a matéria

Palestra sobre Jornalismo e Educação abriu evento na Unifacvest

0

A Semana Acadêmica Interdisciplinar é uma iniciativa do Programa de Mestrado do Centro Universitário Unifacvest, para reunir alunos de vários cursos num ambiente multitamático.

O evento começou na quarta-feira (20), com a palestra do jornalista, empresário, escritor e doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Ângelo Augusto Ribeiro. Ele falou sobre transformação digital no jornalismo e na educação.

Até sexta-feira (22), os alunos ouvirão análises sobre assuntos que permeiam a sociedade, a partir da visão de profissionais com ampla bagagem e experiência.

 

Compartilhar a matéria

TAXA DE ROLHA: Projeto valoriza vinhos catarinenses

Para fortalecer o produto estadual, o deputado Gabriel Ribeiro propôs que seja proibida a cobrança da chamada taxa de rolha para o consumo de vinhos e espumantes produzidos em SC.

O projeto de lei ressalva que a futura lei se aplica aos estabelecimentos que não dispõem ao cliente o vinho que ele pretende consumir durante a refeição. A proposta abrange restaurantes, bares, associações, agremiações e clubes.

Gabriel Ribeiro pretende fomentar o consumo de vinhos catarinenses. Sua proposta está ancorada num movimento internacional, especialmente nos Estados Unidos, Nova Zelândia e Austrália, onde há uma atuação forte do grupo “Leve sua própria garrafa”, que prega a liberdade do cliente para levar o seu vinho predileto para degustar as iguarias do local sem estar sujeito à cobrança da taxa.

Vinhos Catarinenses

A produção de vinhos finos ainda é recente em Santa Catarina, mas já faz diferença. Em uma década, São Joaquim se destacou em frutas e em vinhos de altitude, e esta aposta contribuiu para que o município desse um salto no PIB. Conforme a Secretaria de Estado da Fazenda, em 2006 o PIB de São Joaquim era de R$ 170 milhões, atrás de Otacílio Costa e Correia Pinto. Impulsionado pelo enoturismo, o município atingiu R$ 608 milhões, deixando as duas outras cidades para trás.

Com o projeto de lei, o deputado Gabriel Ribeiro pretende ampliar o espaço dos vinhos catarinenses nos estabelecimentos comerciais por meio da isenção da taxa de rolha que os clientes precisam pagar para degustar a sua bebida favorita.

 

Compartilhar a matéria

Business Park ainda pode ser uma realidade em Lages

0

Na última segunda-feira (18) em coletiva o prefeito Ceron foi questionado sobre a implantação do Business Park, Ceron comentou que o projeto não está descartado, e que o presidente do Grupo Koch, Volnei Koch havia ligado dizendo desistir do projeto e Ceron pediu que ele não desistisse e que juntos encontrariam uma solução.

Tratativas

Na semana passada o Diretor de negócios Cristiano Santiago Vieira foi visto em Lages para algumas tratativas, presumindo que, realmente o Business Park pode ser uma realidade para nossa cidade, ajudando na economia, pois irá gerar mais de mil empregos diretos e indiretos, com mais de 345 empresas, dessas 30% são da prefeitura.

Lages

Localizado às margens da BR282, na área que seria destinada para a implantação da Sinotruk o Grupo Koch, buscou estrategicamente a cidade de Lages para implantar um dos mais modernos parques industriais que permitirá que Lages cresça de maneira mais acelerada, com geração de renda e emprego. Temos todos os fatores facilitadores para que Lages seja um dos maiores polos de Santa Catarina, sendo uma das marcas e legado da atual administração.

#BM3 Comunicação Criativa

Compartilhar a matéria

Programa Conecta Biblioteca

0

O Conecta Biblioteca é um programa financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates, trabalhando com a transformação social a partir das bibliotecas públicas. Todos os anos são lançados editais, e em 2017, 92 bibliotecas foram selecionadas em todo o país. Em 2018 o número foi ampliado para 108, sendo quatro em Santa Catarina, uma delas em Lages. Uma das características é de trabalhar com jovens de 14 a 29 anos, principalmente o empoderamento digital. Nas comunidades são realizadas diversas pesquisas, com o foco principal para identificar o que falta nessas áreas e por qual motivo as pessoas desses lugares não estão frequentando a biblioteca.

FanPage

O mais novo projeto será um espaço para a Biblioteca na Praça do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), com ideias de implementação de pontos de leitura para o novo ambiente, e também a utilização para acervos históricos. Objetivo também de poder deslocar a comunidade para o atendimento na Praça do CEU, ampliando o acesso para as áreas periféricas. Para mais informações sobre a Biblioteca Municipal Carlos Dorval Macedo basta acessar a fanpage no Facebook  facebook.com/bibliotecapublicacarlosdorvalmacedo.

 

Compartilhar a matéria

3ª Expofotos 2018

0

Carlos Alberto Wolff é funcionário público estadual e amante das artes visuais. Ele fotografa há oito anos e é a quarta vez que expõe seus trabalhos ao público. A partir desta terça-feira (19 de junho), o hall da Fundação Cultural de Lages (FCL) cede o espaço para imagens que registram a natureza e o cotidiano que muitas vezes são imperceptíveis aos olhos das pessoas, e esse pensamento Wolff consegue repassar para as suas obras.

A exposição acontecerá até 30 de junho, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h e estará aberta também ao meio-dia. As obras também estão à venda, e os interessados podem entrar em contato com o próprio artista pelo telefone 98812-9434. Wolff foi vencedor do concurso ‘250 cores de Lages’ e segundo colocado em um concurso sobre a Mata Atlântica.

Artistas como Carlos também podem expor seus trabalhos na FCL ou nos espaços de memória ligados à Fundação Cultural, como o Museu Thiago de Castro e o Memorial Nereu Ramos. Basta entrar em contato com o curador das exposições, Celso Cruz, na Fundação Cultural, pelo telefone 3224-7425.

Compartilhar a matéria

POLÍCIA MILITAR/SC EMITE NOTA À IMPRENSA SOBRE O VÍDEO GRAVADO NA RUSSIA

0

Sobre um vídeo gravado na Rússia, em que um grupo de homens brasileiros desrespeita uma cidadã estrangeira, a Polícia Militar de Santa Catarina esclarece que:

1. Um policial militar foi identificado como um dos integrantes que aparecem no vídeo;

2. A corporação não corrobora com este tipo de atitude que é incompatível com a profissão e o decoro da classe, previsto no regulamento disciplinar e no Estatuto da PMSC, independentemente de estar em período de férias, folga de serviço ou qualquer outra situação de afastamento, devendo portanto, responder por suas atitudes.

3. Assim que se der seu retorno, a corporação abrirá um processo administrativo disciplinar para apurar a conduta irregular do militar.

Quartel do Comando-Geral, 19 de junho de 2018.

JOÃO BATISTA RÉUS
Tenente-coronel PM Chefe
Centro de Comunicação Social

 

Compartilhar a matéria

VÍDEO EM DESTAQUE

PREFEITURA TOPO 05-06