Início Site

Grupo multinacional de tecnologia anuncia abertura de unidade em Joinville, Lages podia estar na briga se tivesse o Lages Bussines Park

Joinville continua surpreendendo com o Perini Park, pois é responsável por 20% do PIB do município e de 2% do PIB de SC.

Joinville anunciou mais uma grande empresa chegando na cidade a TPLink, multinacional chinesa do setor de tecnologia, que estabelecerá uma nova unidade no Perini Park, prometendo criar mais de 800 novos postos de trabalho na cidade.

Já em Lages afundaram o projeto do Lages Bussines Park, que seria muito importante para a cidade.

O que era o Lages Business Park

O projeto Lages Business Park (2016), um condomínio empresarial multissetorial com predominância industrial com cerca de 312 lotes industriais a serem contemplados no referido espaço, localizado no distrito de Índios, com infraestrutura completa à disposição dos empreendedores lageanos e dos novos investidores.

A área territorial é de 1.509.027,81 metros quadrados. Esta compreenderia em uma iniciativa da prefeitura de Lages para atribuir um rumo certo ao terreno anteriormente destinado à instalação da Sinotruk, algo que também não se tornou realidade.

Uma empresa havia ganho a licitação na época e passado por todos os tramites, mas algo aconteceu no meio do caminho, foi bem na época das eleições e troca de comando da cidade.

Uns anos depois ouvi rumores de que poderia voltar, com outro nome claro, mas novamente o barco afundou e nenhum prefeito conseguiu deixar esse LEGADO.

Para se ter uma ideia o Município ficaria com no mínimo 25% do total da área industrial urbanizada. Calcula-se que em torno de cem lotes ficariam com a prefeitura para doação a empresas locais, em processo de instalação ou expansão. Em contrapartida, o investidor teria o compromisso de angariar empreendimentos em todo o país para o município.

Nem vou entrar na questão da compra do terreno e muito menos quem era o governador, prefeito e quem entrou na prefeitura, isso já não importa, pois quem saiu perdendo foi a cidade Lages. Lamentável esse legado deixado.

Compartilhar a matéria

O alerta da OMS sobre venda de Ozempic falso no Brasil e no mundo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um alerta sobre versões falsificadas do Ozempic — um remédio para diabetes que está sendo usado por muitas pessoas com outro objetivo: o de perder peso.

A OMS disse que vem monitorando o crescimento do Ozempic falsificado desde 2022. Lotes falsos foram apreendidos no Brasil, nos Estados Unidos e no Reino Unido. A entidade não deu detalhes sobre os lotes falsos que foram detectados no Brasil, mas disse que isso aconteceu no país em outubro de 2023.

A OMS afirmou que versões falsificadas da injeção podem representar um perigo à saúde.

A organização pede que as pessoas comprem Ozempic apenas de fontes confiáveis de saúde, como médicos, em vez de páginas obscuras na internet ou nas redes sociais.

A OMS faz quatro recomendações para que as pessoas evitem comprar Ozempic falsificado:

  • Verifique o número do lote e o número de série. Evite produtos dos seguintes lotes: LP6F832, MP5E511 e do lote NAR0074 com número de série 430834149057.
  • Examine a caneta. Algumas canetas falsificadas apresentam um problema na parte que mostra a escala da dose.
  • Avalie a qualidade do rótulo. O rótulo pode ser de má qualidade.
  • Procure erros de ortografia na embalagem.
Compartilhar a matéria

Neymar poderá comprar praia particular em Governador Celso Ramos

A paradisíaca e famosa Prainha, uma das praias particulares do município de Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis pode ter novo proprietário.

De propriedade da família do saudoso magnata criciumense, Hilário Freitas, e palco de grandes festas e recepções, o lugar foi visitado está semana pelo pai do jogador Neymar.

Ele chegou ao local, a bordo de seu helicóptero, acompanhado do deputado federal criciumense, Daniel Freitas – neto e um dos herdeiros de Hilário Freitas.

 

Compartilhar a matéria

Fim de semana de sol e temperatura diminui a partir de segunda-feira em SC

0

Sábado (22/06):

Tempo: firme com sol e poucas nuvens em SC. No final da tarde e à noite mais nuvens com formação de nevoeiros no litoral.

Temperatura: em elevação, variando de 26°C a 28°C no Extremo Oeste e Litoral e de 22°C a 24°C nas demais regiões.

Vento: nordeste, fraco a moderado e com rajadas no oeste e litoral.

Sistema: massa de ar seco em aquecimento, em SC.

Domingo (23/06):

Tempo: nevoeiros isolados ao amanhecer em boa parte de SC, nevoeiros marítimos no litoral. No decorrer da manhã muitas nuvens e chuva fraca no Litoral Sul, com presença de sol entre nuvens no decorrer do dia e chuva ocasional no final da tarde e à noite no Planalto Sul e no Litoral Sul.

Temperatura: elevada para época do ano, próxima de 30°C no oeste e litoral.

Vento: nordeste a sul, fraco a moderado e com rajadas.

Sistema: alta pressão e frente fria no RS, aproximando-se do Litoral Sul de SC no final do dia.

Segunda-feira (24/06):

Tempo: instável com muitas nuvens a encoberto, com chuva e temporais localizados em SC, devido à passagem da frente fria. Totais mais elevados de chuva no oeste e principalmente no sul do estado e na Grande Florianópolis.

Temperatura: em declínio com a chegada de uma massa de ar frio.

Vento: sul a sudeste, fraco a moderado e com rajadas, mais intensas no litoral.

Terça-feira (25/06):

Tempo: muitas nuvens a encoberto com chuva fraca alguns momentos no decorrer do dia devido a um cavado entre o RS e SC e à circulação marítima no litoral.

Temperatura: baixa devido à nebulosidade, à chuva e ao vento sul.

Vento: sul a sudeste, fraco a moderado.

Quarta-feira (26/06):

Tempo: Muitas nuvens a encoberto com chuva devido a um cavado entre SC e o PR. Entre o final da tarde e à noite o tempo melhora em áreas catarinenses do Extremo Oeste ao Litoral Sul, em áreas próximas ao RS.

Temperatura: baixa devido à nebulosidade, à chuva e ao vento sul.

Vento: sul a sudeste, fraco a moderado, com rajadas no Planalto Sul e no Litoral Sul.

Compartilhar a matéria

Governador intermediará audiência com Ministro para autorização da Medicina na Unifacvest

O Reitor da Unifacvest, Professor Geovani Broering, esteve com o Governador, Jorginho Mello, na manhã desta sexta-feira, 21 de junho, durante o lançamento do Programa Energia Boa no Auditório da ACIL em Lages.

Na conversa com o Governador, o Reitor entregou, em mãos, expediente que solicita a intermediação junto ao Ministro da Educação para a assinatura da Portaria de Autorização do Curso de Medicina na Unifacvest.

Broering comentou com o Governador que exatamente um ano atrás, na Amures, solicitava a mesma atenção para que o MEC enviasse a Comissão de Avaliação, o que aconteceu em setembro, quando o INEP conferiu nota máxima ao Curso da Unifacvest. Tendo o processo passado por todas as instâncias de regulação compete, agora, ao Ministro, a assinatura da Portaria para que o vestibular aconteça e o curso inicie, trazendo novas perspectivas de desenvolvimento para a serra catarinense.

Acompanhando o Governador, a Deputada Federal, Carmen Zanotto, informou que está monitorando os trâmites e também trabalhando para que rapidamente a região tenha mais um Curso de Medicina. O reitor entregou um inventário do processo, agradecendo a colaboração sempre presente da Deputada e do governo de Santa Catarina.

Compartilhar a matéria

Prefeitura alerta população sobre tentativas de golpes com emissão de guias a contribuintes

A municipalidade, por intermédio da Secretaria da Administração e Fazenda, orienta os habitantes de Lages em relação a novas tentativas de fraudes contra contribuintes a partir da expedição de guias para recolhimento de valores suposta e criminalmente ligados a impostos, a exemplo do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e taxas de alvarás diversos.

Na tarde desta quinta-feira (20 de junho), golpistas utilizaram o aplicativo de mensagens via InternetWhatsApp, para entrar em contato com determinado cidadão e enviar um boleto referente ao Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), todavia, a cobrança está caracterizada como falsa e indevida, pois a prefeitura de Lages não encaminha nenhum tipo de guia para pagamento de taxas e impostos por aparelho celular ou e-mail, conforme reitera a Secretaria da Administração e Fazenda.

Os contribuintes não devem efetuar o pagamento destes falsos documentos e imediatamente providenciar a produção de um Boletim de Ocorrência (B.O.) com a Polícia Civil/Delegacia de Polícia Virtual de Santa Catarina, por meio eletrônico (virtual): https://delegaciavirtual.sc.gov.br/nova-ocorrencia. E podem buscar esclarecer dúvidas e colher informações adicionais por telefone, junto à Diretoria de Fiscalização Tributária: 3019-7456.

 

Compartilhar a matéria

Energia Boa: Governo e Celesc projetam R$ 3 bilhões em investimentos para a geração de energias renováveis em SC

O governador Jorginho Mello lançou nesta sexta-feira, 21, na Associação Comercial e Industrial de Lages (ACIL), o Programa Energia Boa. Considerado o maior projeto estadual de fomento à geração de energias renováveis já realizado no País, o Energia Boa prevê a construção de seis novas subestações e 225,5 quilômetros de linhas de transmissão no Planalto Serrano. Com o aumento da infraestrutura, pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e centrais geradoras hidrelétricas (CGHs) poderão se conectar ao sistema elétrico, melhorando a oferta de energia limpa para toda a região e incentivando novos negócios.

Para alavancar estes projetos, o Governo do Estado planeja injetar R$ 572 milhões na realização de obras de infraestrutura energética em Lages, Painel, Campo Belo, Urubici, Matos Costa e Rio do Campo. Cabe ao Governo do Estado a disponibilização dos recursos e à Celesc, por atribuição regulatória, a execução das obras.

Além do governador do Estado, o lançamento contou com a presença de secretários estaduais, deputados estaduais e federais, prefeitos, vereadores, representantes de entidades de classe e empresários do setor.

Com a infraestrutura implantada, o Governo do Estado destrava pouco mais de R$ 3 bilhões em investimentos privados na região, que tem hoje o maior potencial hídrico do Estado. Serão mais 300 MW de potência instalada em fontes renováveis hídricas — com possibilidade de investimentos futuros em fontes de energia eólica, solar e biomassa. A expectativa é gerar cerca de 19 mil empregos nos próximos 3 anos somente na construção das PCHs/CGHs. O cronograma de implantação é de até 36 meses. As projeções são baseadas em estudos e estimativas feitas pelo setor.

ENERGIAS RENOVÁVEIS – O Programa Energia Boa tem ainda um importante viés ambiental. Ao investir na expansão de energias renováveis e na instalação de usinas hidrelétricas, o Governo do Estado incentiva a preservação das nascentes e dos cursos d’água e gera compensações ambientais.

 

 

 

Compartilhar a matéria

Deputado Ivan Natz, quer interferir na autonomia do município de Lages em legislar

Santa Catarina é o maior produtor e exportador de madeira serrada do Brasil. O estado ocupa o quinto lugar em base florestal plantada, com 16 mil produtores de pinus e mais de 100 mil empregos diretos no setor. Somente na Serra Catarinense são 20 mil postos de trabalho.

Pensando nisso, o deputado Ivan Natz, resolveu pautar um projeto com a proposta de proibir o reflorestamento com pinus em algumas áreas da Serra Catarinense.

O primeiro a se manifestar contrário ao projeto foi o deputado Lucas Neves. “Essa proposta é descabida e sem propósito. Peço que essa ideia não avance aqui na casa”, declarou o deputado Lucas Neves (Podemos) na tribuna da Alesc, ao se posicionar contra a proposta de proibir o reflorestamento com pinus em algumas áreas da Serra Catarinense.

Deputado Lucas alega que a proposta vai gerar prejuízos aos setores florestal, serrarias, moveleiro e indústria de celulose e papel. No estado, 97% da madeira destinada à celulose e papel é de pinus e 80% de toda a produção da indústria de madeira sólida e painéis provém de florestas de pinus. Só o setor moveleiro arrecada mais de R$ 200 milhões em tributos. Além disso, a lei vai na contramão do agronegócio. Os produtores catarinenses precisam ter liberdade para cultivar o que bem entenderem em suas terras.

Vereador Gerson

O vereador Gerson também se manifestou na Sessão desta terça-feira (18), e pediu aos Deputados Estaduais Lucas Neves, Marcius Machado, Mário Mota e Mauro de Nadal, providências urgentes para rejeição do tal Projeto de Lei, que caso seja aprovado, trará enormes prejuízos para Lages e toda Serra Catarinense, uma vez que afetará de maneira drástica toda cadeia produtiva da madeira, fator essencial no desenvolvimento da região.

“É inacreditável e irresponsável a existência de um projeto desses, pois a madeira em nossa região gera milhares de postos de trabalho, sejam eles no plantio, no corte, no transporte ou no beneficiamento da mesma, merecendo ênfase a operação de grandes, médias e pequenas empresas localizadas em Lages, Otacílio Costa e Correia Pinto que tem suas produções diretamente ligadas aos reflorestamentos de pinus”, explicou Gerson.

Acil

Na tarde da última sexta-feira, 14, o presidente da Associação Empresarial de Lages (ACIL), Antonio Wiggers, reuniu-se com o deputado federal Carlos Chiodini, o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), deputado Mauro de Nadal, e o deputado estadual Cleiton Fossá para debater a atuação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e a autonomia estadual.

Uma das pautas foi a solicitação ao deputado Mauro de Nadal que intervenha no âmbito estadual sobre o Projeto de Lei do deputado Ivan Natz, que interfere na autonomia do município de Lages para legislar e decidir sobre o uso e ocupação do solo, especialmente na região da Coxilha Rica. (Reunião da ACIL)

Deputado Ivan Natz deve estar com falta do que fazer em sua região, já que para a Serra nunca trouxe nada de bom, e pelo que estamos vendo seu lema é debochar na tribuna de políticos da nossa terra, típico de quem está precisando de um “lote para carpir”.

Compartilhar a matéria

Seminário para transformar negócios com turismo sustentável será realizado na Serra e Sul Catarinense

Santa Catarina está prestes a receber uma série de eventos imperdíveis voltados para discutir como a sustentabilidade turística pode transformar não apenas o meio ambiente, mas também os empreendimentos. Falamos do seminário “Turismo sustentável: impulsionando a preservação ambiental e o desenvolvimento econômico dos negócios”, que acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de junho e 08, 09 e 18 de julho, de forma gratuita, na Serra e Sul Catarinense.

Para o diretor superintendente do Instituto do Desenvolvimento Econômico Local (IDEL), Osmar Vicentin, entidade apoiadora da ação, esses encontros visam não só discutir sustentabilidade e desenvolvimento econômico, mas também abordar a geração de emprego e renda por meio de iniciativas sustentáveis para o turismo, além de sensibilizar sobre o processo de certificação de gestão sustentável de empreendimentos turísticos e educação ambiental.

O seminário, que faz parte do projeto da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC) “Turismo Verde: Serra & Sul juntos pelo desenvolvimento”, por meio do programa AL-INVEST Verde, da União Europeia, em parceria com a bbw e Green Destination, é destinado para micro e pequenas empresas, empreendimentos turísticos, unidades de conservação, ONGs, instituições públicas, núcleos de turismo e meio ambiente, profissionais da área e jovens.

Entre os benefícios de participar das ações do projeto estão a adoção de práticas ecoeficientes e inovadoras por meio da certificação em gestão sustentável dos empreendimentos, o networking, a possibilidade de participação nos núcleos setoriais de sustentabilidade a fim de fomentar o crescimento econômico sustentável, o fortalecimento do empreendedorismo feminino, e o engajamento de criança e jovens na educação ambiental.

Serviço

O que: Seminário “Turismo Sustentável: Impulsionando a Preservação Ambiental e o Desenvolvimento Econômico dos Negócios”.

  • 24/06: Região dos Lagos – 14 horas, no Auditório da Prefeitura Municipal de Abdon Batista

  • 25/06: Região Altos e Encosta da Serra – 14 horas, no Eco Resort Serra do Rio do Rastro

  • 26/06: Região da Amurel – 19 horas, no Auditório da CDL de Jaguaruna

  • 08/07: Região Serrana – 19 horas, no Auditório da ACIL

  • 09/07: Região Carbonífera – 19 horas, no Auditório da ACIC

  • 18/07: Região Vale do Braço do Norte e Encosta da Serra – 19 horas, no Auditório da Unisul BN

Compartilhar a matéria

ATACADÃO: A Semana do Comerciante chegou vejam as ofertas

Aproveite uma semana inteira de ofertas em uma imensa variedade de produtos para abastecer seu estoque!

As Ofertas do Supermercado Atacadão estão arrasadoras essa semana.

Temos ofertas que vão até o dia 21/06 e outras até dia 30/06.

E a novidade é as ofertas no valor de até R$ 1,99.

O Atacadão é um parceirão, vc sai com o carrinho cheio pagando muito pouco.

ATACADÃO lugar de comprar barato.

@atacadaosa.oficial

 

 

Compartilhar a matéria