TOPO PREFEITURA LOGO
facvest top
Início Site

Vem aí mais uma edição do festival gastronômico Sabores de Lages

O Núcleo de Gastronomia de Lages está preparando mais uma edição do festival gastronômico Sabores de Lages. A exemplo das edições anteriores, os restaurantes participantes irão utilizar um ingrediente típico da Serra Catarinense na criação de um prato exclusivo para o festival.

O evento reúne cerca de 50 estabelecimentos locais, que inclui desde restaurante de comida caseira até hamburguerias. Além de valorizar a gastronomia local e apoiar os pequenos negócios gastronômicos, o cliente pode degustar deliciosos pratos, ao preço de R$ 19, R$ 29 e R$ 39.

Com todas as medidas restritivas adotadas no estado, os empresários optaram por ampliar a forma de consumo dos pratos. Nesta edição, os participantes trabalharão com delivery e take away, além do atendimento no próprio estabelecimento. O festival acontece de 20 de julho a 10 de agosto.

Acompanhe as redes sociais do festival (@festivalsaboresdelages) para conhecer os restaurantes e pratos participantes.

Compartilhar a matéria

Lages: 1° Concurso de Cerveja Caseira Serena Brew Shop

0

Neste domingo (5 de julho), Lages sediou a etapa de avaliação das amostras do 1° Concurso de Cerveja Caseira Serena Brew Shop, nas categorias estilo livre e IPA, evento realização na Associação dos Servidores do 1º Batalhão Ferroviário de Lages (BFv), em Lages. IPA significa India Pale Ale, um estilo que veio da Índia. São cervejas amargas devido a concentração de lúpulos, extremamente aromáticas, refrescantes e fáceis de beber. Sua cor deve ser de dourado a acobreado. Apresentam um teor alcoólico que tradicionalmente vai de 5,5 a 7,5%. O estilo livre abrange uma diversidade grande de estilos e outra ainda maior de ingredientes.

O evento não foi aberto ao público devido às restrições de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19). As atividades junto aos jurados iniciaram pela manhã e se estenderam até o começo da noite, especificamente na análise das amostras de cervejas caseiras. Lages conta com mais de 150 pessoas envolvidas no segmento da cerveja artesanal.

O Concurso contou com 29 amostras de nove cidades de três estados – Suzano e Peruíbe, ambas de São Paulo, Munhaçu (MG) e as catarinenses Blumenau, São Joaquim, Correia Pinto, Lages, Urubici e Bom Jardim da Serra.

Lages realmente vem dando um show, quando o assunto é cerveja.

Resultado das três melhores IPAs caseiras e de três estilos livres:

Estilo Livre

1º lugar – CAPITAL DAS ÁGUAS
701 – German-Style Pilsener
Juliano Correa Baldessar, Bom Jardim da Serra
2º lugar – MARACUSOUR
322 – American-Style Sour Ale
Franciele Tratz, Lages
3º lugar – CLOROQUINA APA
303 – American-Style Pale Ale
Gean de Moraes Ribeiro, Lages

IPAs

1º lugar – EPITAPH
307 – American-Style India Pale Ale
Alexsandre Bertoni, Lages
2º lugar – CERVEJANDO
307 – American-Style India Pale Ale
Ademar Ribeiro Pereira, Blumenau
3º lugar – PUNK IPA
307 – American-Style India Pale Ale
Jefferson Buiar Vidal, Lages

 

Compartilhar a matéria

Amigos do Bem organiza Bazar Beneficente para a Casa Colibri

O Grupo Amigos do bem nos dias 09, 10, 11 de junho estão organizando um bazar beneficente em benefício a Casa de Apoio Colibri, na Praça do Calçadão.

O grupo arrecadou, lavou, passou, costurou e fez a seleção, que estará à venda.

Casa Colibri

Devido a Pandemia todos os eventos que ajudam a casa foram cancelados.

A casa de Apoio Colibri tem como objetivo ACOLHER, APOIAR E PRESTAR SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, de forma gratuita, planejada, continuada e permanente aos seus beneficiários, oriundos da Região Serrana, durante o tratamento oncológico na cidade de Lages, minimizando assim o sofrimento e as dificuldades dessas pessoas.

Serviço:

dos Amigos do Bem em beneficio da Casa de Apoio Colibri.
Dias 09 e 10 – das 09h às 19h
Dia 11 julho – das 09h às 13h
Local: Calçadão da Praça João Costa

Compartilhar a matéria

Estado contabiliza prejuízos de R$ 277,8 milhões devido ao Ciclone Bomba

O ciclone extratropical que passou por Santa Catarina na última semana causou estragos em todas as regiões do estado. Até o momento, 121 municípios registraram danos no Sistema do Ministério da Integração Regional, com prejuízos no total de R$ 277,8 milhões. O boletim da Defesa Civil foi atualizado na tarde desta segunda-feira, 6, e ainda pode sofrer atualizações.

Nos impactos a empreendimentos privados, as áreas mais afetadas foram agricultura (R$ 121,6 milhões), indústria (R$ 16,9 milhões) e serviços (R$ 13,5 milhões). Já na infraestrutura pública, os maiores danos foram nas áreas de geração e distribuição de energia elétrica (R$ 57 milhões), telecomunicações (R$ 4,8 milhões) e sistema de esgoto sanitário (R$ 1,3 milhão).

Segundo dados da Defesa Civil, pelo menos 204 municípios registraram estragos em função do ciclone. O chefe da DCSC, João Batista Cordeiro Júnior, reforça que é fundamental que as prefeituras preencham o Formulário de Informação de Desastres (FIDE) do Governo Federal. Assim, será possível ter o cenário mais exato dos danos e inclusive solicitar recursos junto ao Ministério.

Itens de assistência humanitária

A Defesa Civil estadual já repassou 80,6 mil itens de assistência humanitária, como telhas, colchões e cestas básicas, em um total de R$ 1,7 milhão. Até agora, 34 municípios catarinenses já receberam os itens para auxiliar neste primeiro momento.

 

Compartilhar a matéria

Lages: Policlínica estará fechada nesta segunda e terça-feira para reparos

0

A Policlínica Municipal estará fechada nesta segunda e terça-feira (6 e 7 de julho) devido aos estragos internos, nas instalações de atendimento ao público em decorrência das chuvas de domingo e desta madrugada. O telhado da Policlínica que estava coberto com lonas, após a tempestade da última terça (30) se rompeu e a água da chuva acabou entrando e vários locais do prédio. O forte vendaval da semana passada havia descoberto parte da Policlínica e até o reinício das chuvas, ontem à tarde, não tinha sido possível fazer o conserto total das avarias.

O diretor de Atenção Especializada, da Secretaria Municipal da Saúde, César Espanhol, comunica que caso o tempo melhore, já nesta quarta-feira retornam os atendimentos ao público para agendamentos de consultas, cartão SUS, eletrocardiograma, curativos especiais e autorização de exames.

Além disso, se o tempo melhorar, na quinta-feira (9), devem retornar os atendimentos dos médicos cardiologistas, informa César Espanhol.

Compartilhar a matéria

Lages: Plano de Contingência para voltar eventos e afins com 1,5m de distância chega a ser piada e os supermercados abarrotados?

Se eu não tivesse lido, até não acreditava. O comitê do COVID-19, foi realmente muito severo com o setor de eventos, se preocuparam tanto com setor e esqueceram os supermercados que continuam abarrotados de gente, claro todos com máscaras e passando álcool em gel nas mãozinhas.

Tenham paciência que a matéria é “textão” .

Vamos ao Decreto

Foi publicado em edição extra no Diário Oficial dos Municípios de Santa Catarina (versão on-line), na tarde deste domingo (5 de julho) o Decreto nº 18.055, assinado pelo prefeito Antonio Ceron. Este documento oficial dispõe sobre o retorno das atividades de cinemas, teatros, casas noturnas, museus, parques temáticos, eventos, shows e espetáculos que acarretam reunião de público, eventos esportivos, bem como o acesso público a eventos e competições da iniciativa privada, mediante a apresentação de Plano de Contingência para enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Apresentar Plano de Contingência

Com isso, fica estabelecido que, a partir desta segunda-feira (6 de julho) permanece suspenso o retorno das atividades dos cinemas, teatros, casas noturnas, museus, parques temáticos, realização de eventos, shows e espetáculos que acarretam reunião de público, eventos esportivos, bem como o acesso público a eventos e competições da iniciativa privada, exceto se houver apresentação de Plano de Contingência para enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus. Este plano o qual deverá ser protocolado junto à Secretaria Municipal da Saúde, via e-mail, através do endereço covid19@saudelages.sc.gov.br. No caso das atividades previstas neste Decreto, o Plano de Contingência deverá ser protocolado com antecedência mínima de 72 horas do retorno ou realização, para análise e aprovação.

O que é obrigatório

Os Planos de Contingência, que deverão ser obedecidos rigorosamente pelo proprietário ou responsável pelo estabelecimento e serviço: o uso de máscara (cobrindo boca e nariz) em locais públicos ou privados, tanto na parte interna, como na parte externa dos ambientes, cabendo ao proprietário ou responsável pelo estabelecimento e serviço a função de exigir que os clientes e colaboradores utilizem tal acessório.

Manter distância mínima de 1,5 metros entre as pessoas, tanto na parte interna, como na parte externa dos ambientes, cabendo ao responsável pelo estabelecimento, em ambas as situações, a responsabilidade de demarcar os espaçamentos, com objetivo de evitar aglomeração. Orientar clientes e colaboradores sobre a necessidade e obrigatoriedade da higienização correta e frequente das mãos, podendo para tanto, ser utilizado água e sabonete líquido ou álcool 70% devidamente registrado e aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A aprovação, ou não, do Plano de Contingência apresentado será formal e de responsabilidade da equipe técnica do Comitê Covid-19, a qual será designada por ato próprio do Secretário da Saúde e Defesa Civil do Município juntamente com a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil do Estado de Santa Catarina.

As normas contidas nos Planos de Contingência deverão estar dispostas em local visível ao público, tanto na parte interna, como na parte externa de cada estabelecimento e serviço.

Fiscalização e Autonomia para interditar

Caberá à equipe do Comitê Covid-19 o exercício da função de fiscalização das medidas constantes nos Planos de Contingência, a qual terá autonomia para interditar ou adotar qualquer outra medida necessária para garantia da saúde pública, nas situações em que os estabelecimentos e serviços estejam descumprindo as normas estabelecidas para enfrentamento da pandemia.

Caso haja necessidade, a equipe de fiscalização da Secretaria Municipal da Saúde poderá acionar a Polícia Militar para cumprimento da medida de interdição.

A fiscalização também poderá ser exercida pelas equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil do Estado de Santa Catarina e Defesa Civil do Município, que terão autonomia para interditar os estabelecimentos que eventualmente estejam descumprindo as normas estabelecidas para enfrentamento da pandemia. Compete à equipe da Vigilância Sanitária a apuração de eventual prática de infrações administrativas sanitárias previstas na Lei Complementar nº 379 de 07 de dezembro de 2011.

Caberá ao secretário Municipal da Saúde estabelecer a forma de fiscalização das medidas constantes nos Planos de Contingência. A medida de interdição inicialmente, quando necessário, será imposta pelo prazo de dois dias, sem prejuízo das demais sanções administrativas e penais cabíveis. Em caso de reincidência, a interdição será imposta pelo prazo de cinco dias, sem prejuízo das demais sanções administrativas e penais cabíveis.

Com tudo isso, quem trabalha com eventos que já estava com problemas, irá definitivamente fechar as portas. 

Compartilhar a matéria

Alerta: Novo ciclone chega na terça-feira (07) em SC

O metereologista Leandro Puchalski alerta para terça-feira (07) um novo ciclone. Mas, a previsão é que não deve ser tão intenso.

Leandro coloca em consideração que este próximo terá um mecanismo muito parecido com o da semana passada, destaca que na terça-feira de manhã já há chance de vento forte no Oeste. Mais para o início da tarde, o vento aumenta em direção a Serra Catarinense. Por enquanto a previsão aponta rajadas de vento de 50 a 70 km/h.

No seu processo de formação e deslocamento o ciclone gera uma frente fria, nuvens de chuva que deverá cruzar SC de Oeste para o Litoral entre a madrugada de terça para a manhã de quarta.

É dentro desse deslocamento que novamente uma Linha de Instabilidade, nuvens de temporais uma do lado da outra poderá se formar trazendo vento forte com chuva e raios por um período curto.

Informações NSC

Compartilhar a matéria

Recuperação na Serra do Rio do Rastro começa nesta segunda-feira (06)

Serra do Rio do Rastro: O trânsito ficará em meia pista, nessa segunda (06), em uma extensão de 300 metros do ponto 25, no sentido Tubarão a Orleans. O fluxo seguirá no sistema “siga e pare” e a operação será coordenada pela Polícia Rodoviária Estadual. O plano de trabalho prevê que a intervenção ocorra simultaneamente em outros pontos ao longo da rodovia.

Recuperação

A obra de recuperação em 25 pontos críticos da SC-390, na Serra do Rio do Rastro, entra na fase de execução. A intervenção será iniciada no ponto 25, no município de Orleans, no quilômetro 448,7 da rodovia.

90 dias

Vão ser realizados os serviços de contenção de talude com tela metálica de alta resistência. A previsão é que a intervenção no ponto 25 seja concluída em 90 dias.

Valores

A empresa responsável pelo projeto e execução da obra é a Teixeira Duarte e o valor contratado é de R$ 19.084.771,00, com recurso proveniente do Ministério do Desenvolvimento Regional. O prazo previsto para conclusão da obra é maio de 2021.

Compartilhar a matéria

Cidade de Itajaí será a primeira cidade do estado de SC a distribuir medicamentos de prevenção ao COVID-19

Com exclusividade a prefeitura de Itajaí/SC, será a primeira cidade a distribuir de graça o remédio na rede municipal, como forma de prevenção ao COVID-19.

O invermectina, um remédio que serve para diversas funções, inclusive para tratamento de vermes, o medicamento já está no protocolo usado em vários hospitais do país.

A Prefeitura de Itajaí, mandou produzir 1 milhão de comprimidos e o primeiro carregamento já está chegando na cidade e a distribuição deve começar o mais breve possível.

De acordo do prefeito Volnei Marastoni, não tem muitas contraindicações, não é recomendável crianças abaixo de 5 anos, gestantes e pessoas com meningite.

PIMENTA DA CRIS MENEGON

Devo dar os parabéns ao prefeito Volnei, que tomou uma atitude sensata em meio ao caos de prefeitos que não fazem muita coisa, vejo apenas prefeitos de todo o Brasil fechando tudo, indo na imprensa só pedir que se cuidem, usem máscaras e álcool gel.

É desse tipo de atitude que a população espera de seus governantes, até porque, ninguém é obrigado a tomar, toma quem quer. #PrefeitoDeAtitude

#BlogCrisMenegon

Fonte: NDmais

Compartilhar a matéria

Em um ano, preço da gasolina cai 11% no Brasil

0

O preço médio da gasolina comum no Brasil caiu 11% entre junho de 2019 e junho de 2020. É o que aponta o levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas. Em junho, após cinco meses de queda, o combustível ficou 3,23% mais caro, com preço médio de R$ 4,14 por litro. No mês anterior, o valor médio cobrado nos postos do país foi de R$ 4,01, o menor preço registrado nos últimos 12 meses. Em comparação com o valor médio de janeiro (R$ 4,762), preço mais alto deste ano, a queda foi de 13,06%.

A gasolina ficou mais barata, sobretudo, pela crise causada pela pandemia do novo coronavírus no mundo, que diminuiu a circulação de veículos no Brasil. Antes disso, porém, os preços já sofriam impactos da guerra do petróleo travada entre Arábia Saudita e Rússia a partir de março.

Santa Catarina teve uma variação de 5,55% – Maio 3,699 e em junho 3,90, mas em Lages está 4,14.

Curitiba, João Pessoa e Vitória têm os menores preços nas capitais.

Informações: Felipe Galassi – Economia Mídia

Compartilhar a matéria

VÍDEO EM DESTAQUE